Fazer um pequeno resumo desse texto



SENHOR JUIZ, comparecemos perante este egrégio tribunal para denunciar a injustiça, a ignomínia, melhor dizendo, da qual fomos vítimas. Como é de seu conhecimento, fomos impedidas de embarcar um senhor idoso num voo de Liverpool para a Alemanha, terra natal do passageiro.
Alegou o pessoal do aeroporto que este senhor estava morto. O que, como o senhor bem pode imaginar, é um absurdo. Mas vamos admitir, apenas para efeito de raciocínio, que esta afirmativa seja verdadeira e que tenhamos nos enganado; afinal, é tênue a linha que separa a vida da morte, sobretudo numa idade avançada.
Vamos admitir que tenhamos tentado embarcar um passageiro falecido. A pergunta que se impõe é: e daí? Qual o problema? A companhia aérea dirá que um morto deve ser embarcado em caixão, o que custa muito mais caro. Mas nós indagamos: qual, afinal, a diferença.
Veja, senhor juiz:
1) Viva ou morta, a pessoa ocupa exatamente o mesmo lugar, no caso um assento em classe econômica;
2) Para as outras pessoas que estiverem a bordo, esse passageiro não representará problema algum. Se estiver ao lado da janela não pedirá que os outros levantem para ir ao banheiro. Não puxará conversa com quem não quer falar. Diferente de muitos que dormem a bordo, não roncará;
3) Para a companhia esse passageiro é igualmente exemplar. Uma vez que lhe tenham colocado o cinto de segurança, não mais o removerá. Não falará ao celular, não ligará qualquer dispositivo eletrônico.
Não consumirá alimento de qualquer espécie, nem bebidas, o que sempre representará uma economia. Nada perturbará os comissários com perguntas inúteis. Se for mal atendido a bordo, não se queixará, não pedirá qualquer indenização. É verdade que, no desembarque, não se dirigirá diretamente à saída, mas poderá facilmente ser transportado em cadeira de rodas ou similar.
Em virtude desses argumentos, senhor juiz, pleiteamos uma indenização. Queremos passagens aéreas gratuitas pelo resto de nossas vidas. Incluindo aquele momento em que tivermos passado desta para a melhor. Que melhor só será se a companhia área nos tratar com o respeito que merecemos."

1

Respostas

2014-06-24T18:15:51-03:00
Senhor Juíz,compareceremos peranre este tribunal para denunciar a injustiça da qual fomia vítimas.Como é de seu conhecimento,fomos impedidas de embarcar um senhor idoso num voo de Liverpool para Alemanha.Os funcionarios do aeroporto alegaram que o ele estaria morto.Vamos supor que tenhamos tentado embarcar um passageiro falecido,a companhia aérea dira que um morto deve ser embacado em um caixao,o que custa muito mais caro.Afinal qual a diferença ?
1)viva ou morta,a pessoa ocupara o mesmo lugar.
2)para os outros passageiros,este nao sera um encomodo
3)para a companhia,esse passageiro é perfeitamente exemplar
Em virtude desses argumentos,pleiteamos uma indenização.Queremos passagens aéreas gratuitas para o resto de nossas vidas. Que só sera melhor se a companhia aérea nos tratar melhor .
1 5 1
Se tiver algum erro ortografico ... Por favos me avise que eu concerto imediatamente
valeu ajudo muito