"O fato é que a retomada do fôlego econômico do país estimulou o relacionamento de empresas em seu próprio idioma. Há hoje a constatação de mais negócios mediados por tecnologias que enfatizam a comunicação em português - mensagens eletrônicas e apresentações com projeções em tela, que não podem exibir tropeços. E em reuniões de trabalho, o desempenho retórico virou chave empresarial. Quem muito escreve ou fala tem risco maior de expor sua eventual falha de formação. Daí não ser surpreendente o fenômeno dos cursos de português para brasileiros, para executivos, secretárias e gerentes, em tradicionais escolas de idiomas. No universo das corporações, não vale mais a atenção exclusiva dada ao domínio do inglês."(Artigo "O valor do idioma", Coletânea Ética e Economia).Com base na compreensão desse conteúdo, avalie as seguintes asserções e a relação proposta entre elas.I. Para os que trabalham em grandes corporações brasileiras, tanto na escrita quanto na fala, o domínio da língua portuguesa tem se tornado tão ou mais importante que a proficiência em língua inglesa.PORQUEII. A falta de clareza na escrita e de eloquência na fala evidenciam falhas na formação dos que trabalham em grandes empresas, comprometendo o relacionamento e os negócios realizados entre elas.A respeito dessas asserções, assinale a alternativa CORRETA:


As asserções I e II são proposições falsas.A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira.A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa.As asserções I e II são proposições falsas, mas a II é uma justificativa da I.As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa da I.




1

Respostas

2013-07-22T11:46:59-03:00
As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa da I.