Respostas

A melhor resposta!
2014-07-11T17:19:06-03:00
A energia de ionização é a energia necessária para "arrancar" um elétron do átomo. Para um elétron saltar para um nível mais externo, é preciso fornecer energia para ele, energia esta, que servirá para vencer a força de atração entre o elétron e o núcleo. Quando mais distante o elétron estiver do núcleo, menor será a sua energia de ionização. Existem  sete camadas eletrônicas (níveis eletrônicos): K, L, M, N, O, P, Q. Por exemplo, o elemento cloro se encontra no terceiro nível eletrônico, ou seja, tem três camadas, sendo que na sua última camada, ele possui 7 elétrons na última camada, precisando, apenas, de um elétron para ficar estável (configuração eletrônica de um gás nobre).  Como o cloro é um elemento extremamente eletronegativo, pois só precisa de um elétron para adquirir estabilidade, a sua energia de ionização é alta, pois ele "não quer" perder elétrons. Resumindo: Energia de ionização é a energia que se deve fornecer ao átomo para lhe tirar um elétron. 
2 5 2
quer dizer a maior é do halogenio ?
Não. Entre o gás nobre e o halogênio, quem possui a maior energia de ionização é o gás nobre.
então eu devo ter copiado errado tem como vc fazer um exemplo pra mim ver
A energia de ionização de um elemento é a energia mínima necessária para remover um elétron do átomo desse elemento no estado gasoso... Olha, por que é mais fácil "arrancar"um elétron do átomo de potássio do que do átomo de cloro? O cloro possui uma maior eletronegatividade, ou seja, ele possui uma capacidade muito grande para atrair elétrons. É muito mais fácil doar um elétron para o cloro do que lhe tirar algum. Para o potássio, já é mais vantajoso "perder" um elétron, pois ficará estável.
sim eu sei isso