Respostas

2014-07-11T16:58:00-03:00
É porque no feudalismo não havia incentivo as artes que não fossem as sacras. Logo, com a queda do sistema feudal e o renascimento das cidades os comerciantes ao valorizarem o lucro e criar o que chamamos hj de burguesia, perceberam que o homem faz seu prorio destino e que a Igreja já não mais os controlava com as suas ameaças. Assim, os artistas se deram bem ao investir na valorização do homem e da burguesia q se formava, tendo como financiadores de suas obras os proprios burgueses.
2014-07-11T18:39:09-03:00
"[...] encontraram quem os sustentasse." refere-se aos mecenas, homens ricos tanto burgueses como religiosos que sustentavam/financiavam os artistas renascentistas. O renascimento cultural era um movimento que valorizava a individualidade e representava essa nova classe ascendente (burgueses). Financiar os artistas era um forma de espalhar os ideais burgueses e ainda ganhar prestígio na sociedade.
Ou seja, os artistas estavam alí fazendo suas artes e querendo exibi-las pela Europa e os mecenas estavam acolá com seu dinheiro querendo gastar então num belo dia se encontram e juntaram o útil ao agradável.

:D