Respostas

2014-07-12T14:18:47-03:00
2014-07-12T14:22:53-03:00
A Constituição de 1891 criou uma república representativa. Essa forma de organização política supunha a existência de mecanismos pelos quais cidadãos pudessem escolher livremente seus representantes. Mas não era isso que ocorria. No Brasil republicano, a base da vida pública não era o cidadão, mas o coronel.
O poder do coronel provinha, em muitos casos, da posse de terra. Dono de propriedades rurais, ele controlava a vida de centenas de pessoas que trabalhavam em seus domínios. Essas pessoas dependiam dele para quase tudo. Assim, o coronel era ao mesmo tempo juiz, protetor, compadre, padrinho ou conselheiro das pessoas do campo. Esse poder tornava possível o controle absoluto dos votos da região. Eram os votos de cabresto do curral eleitoral.