(UFES) Pressiona-se uma pequena esfera de massa 1,8 g contra uma mola demassa desprezível na posição vertical,
comprimindo-a de 6,0 cm. A esfera é então solta e atinge uma altura máxima de 10 m. Desprezando os atritos, a
constante elástica da mola é, em newtons por metro: A) 3 B)10 C)30 D)50 E)100

1

Respostas

2014-07-14T19:03:35-03:00
Olá...eu fiz alguns cálculos e pelo que sei está certo...aqui vai:
Primeiramente deve-se conhecer a formula da Energia potencial elástica (Epe=kx²/2) ...sabendo disso e sabendo também que a energia da mola passará para a bolinha fazendo com que ela tenha energia cinética (Ec=mv²/2) ...sabendo  que a bolinha sobe a 10 m sabemos que a sua velocidade inicial (V0) é: V²=V0²+2.a.DeltaS-->0²=V0²+2(-10).10---> 0=V0² -200-->V0²=200--> V0=-/200 (Raiz de 200)...substituindo isso na formula da energia cinética temos: Ec=1,8 (-/200)²/2 --> Ec=1,8.200/2--> Ec= 180 J...sabendo disso temos que saber que essa energia foi obtida da Energia da mola...sendo assim: Ec=Epe---> 180=k.6²/2---> 180=k.18 --> k=10 
Espero ter ajudado...até mais :)
2 3 2