Respostas

2014-07-16T14:25:04-03:00
Os comunistas achavam que podiam matar quem eles elegessem inimigos do regime. E os militares, conclamados e aclamados pela população então temerosa pelo golpe e uma futura ditadura da esquerda, tentavam a tudo custo barrar a escalada comunista no Brasil. Porém hoje, o governo ERRADAMENTE só considera desrespeito com os direitos humanos as mortes de um dos lados, a dos militares. MUITA hipocrisia. “Historinhas que não são divulgadas pela mídia comprometida com as esquerdas: Charles Rodney Chandler, CAPITÃO HERÓI DA GUERRA no Vietnã, encontrava-se no Brasil para UM CURSO na Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, NUM INTERCÂMBIO CULTURAL com o EUA. Um "Tribunal Revolucionário", integrado por dirigentes da VPR, formado por Onofre Pinto, João Carlos Kfouri Quartim de Morais e Ladislas Dowbor, condenou o jovem oficial do exército dos Estados Unidos à morte, simplesmente por considerá-lo um agente da CIA. Dulce de Souza Maia, conhecida pela alcunha de Judite, encarregou-se do levantamento do cotidiano do jovem oficial da US Army. No dia 12 de outubro de 1968, há exatos 43 anos, quando o capitão Chandler retirava seu automóvel da garagem para ir ao curso de sociologia, na Rua General Jardim, foi FRIAMENTE ASSASSINADO COM 14 TIROS DE METRALHADORA e vários tiros de revólver, NA FRENTE DA SUA ESPOSA JOAN E SEUS 3 FILHOS. O grupo de execução era constituído pelos terroristas Pedro Lobo Oliveira (Getúlio), Diógenes José de Carvalho Oliveira (Luis, Leonardo, Pedro) e Marco Antônio Bráz de Carvalho (Marquito). Todos passam muito bem, obrigado. Diógenes ingressou no PT do Rio Grande do Sul e foi presidente do Clube de Seguros da Cidadania de Porto Alegre, entidade que se encarregou de angariar fundos para o PT. Quartim de Morais consagrou-se professor da UNICAMP e Ladislas na PUC de São Paulo, com as bençãos e bolsas de indenização da anistia. Hoje, todos desfrutam do endinheiramento e do conforto do CAPITALISMO. Muitos APARELHANDO o Estado e uns tantos APLAUDINDO a futura "Comissão da Inverdade" que ESCONDERÁ AS MANCHAS DA HISTÓRIA dos que TINGIRAM SUAS MÃOS COM SANGUE DE BRASILEIROS pela INSANIDADE IDEOLÓGICA a SERVIÇO DO MOVIMENTO COMUNISTA INTERNACIONAL.