Num recipiente A, existe um determinado gás perfeito que se encontra num estado definido pelos valores p, V e T da pressão , do volume e da temperatura, respectivamente. Em em recipiente B um outro gás perfeito encontra-se no estado definido pelos valoras p da pressão, 2.v do volume e 2.T da temperatura.Os dois gases têm o mesmo número de mols.Sejam,respectivamente, U1 e U2, as energias internas dos gases nos recipientes A e B.A relação U1 vale:
U2

2

Respostas

2014-07-17T00:51:17-03:00
Bom, primeiramente a energia inteira de um gás só depende de duas coisas, o n de mols e a sua temperatura, pois:

ΔU = 3/2 .n.R.T

U1 = 3/2 . n.R.T
U2 = 3/2 . n.R.2T

Razão: 
 \frac{U1}{U2} =  \frac{3/2 nRT}{3/2 nR2T} =  \frac{1}{2}

Prontinho!! ;P
3 4 3
2014-07-17T11:56:24-03:00
A variação de Energia interna (deltaU) é calculada da seguinte forma:
DeltaU=3/2 rtm
DeltaU=3/2 /3/2 rtm/rtm2
DeltaU=1 .1/2
DeltaU= 1/2
Espero ter ajudado...até mais :)
1 5 1