Dois nadadores partem ao mesmo tempo de extremos opostos de uma piscina retilínea de 90 metros. Ambos nadadores nadam com velocidades constantes, um deles percorrendo 2 metros por cada segundo, e o outro percorrendo 3 metros por cada segundo. Supondo que os nadadores não perdem nem ganham tempo ao fazerem as viradas nos extremos da piscina, o segundo encontro dos dois nadadores na piscina ocorrerá após t segundos da partida dos nadadores. Nas condições dadas, t é
igual a???

OBS: Questão de Raciocínio Lógico, não é para usar Física.

1
só dois podem responder?
podem ser alcançados os resultados por soma algébrica, logica ou física; por lógica quanto nadador 1= 2; o nadador 2 será igual a 3; para 1 segundo; ou seja, 2/3; 4/6 ; 6/9 assim por diante até 36/54 (pois 36+54=90), verá que dará 18 segundos /// se voce continuar até a fração 60/90 chegará a conclusão de que um dos nadadores chegou ao extremo e o outro somente nadou 60 metros, e verá que serão 30 frações, ou seja, 30 segundos (continue o raciocínio) e tente resolver a partir dai.
pela física basta: T = S / (V1 + V2) que é igual a 18 segundos, o próximo ponto de encontro, os dois não teriam que percorrer mais 90 metros juntos, independentemente de qual ponto fosse o encontro, então temos T= (2 x s) / (v1 + v2), encontrando o resultado basta somar com 18 s que é a formula do primeiro ponto; Desta forma poderá encontrar o terceiro, quarto, quinto, sexto ponto.

Respostas

A melhor resposta!
2014-07-18T15:30:39-03:00
Se os dois estão em lados opostos, o segundo encontro só ocorrerá depois que ambos virarem a direção do movimento. Vamos usar o nadador que se locomove a 2m/s, pois ele demorará mais para inverter o sentido. Quando ele terminar de cruzar a piscina terão se passado 45 segundos. Nesse momento o outro nadador estará na metade da piscina. Ainda tem 45 metros entre eles, e a velocidade relativa dos nadadores é 5m/s. 45/5=9. 45+9= 54 segundos para o segundo encontro. Espero ter ajudado, se sim marque a resposta. Obrigado.
5 4 5
A resposta está correta! Mas eu não entendi de onde surgiu esse cálculo da velocidade relativa.
se um se movimenta em direção ao outro, é como se um estivesse a parado e outro se aproximando com velocidade igual à soma das velocidades