Respostas

A melhor resposta!
2014-07-19T13:53:34-03:00
Desde a reforma, os Países Baixos ficaram divididos entre a região católica e a protestante. Poderia se dizer que a linha de separação ia do sudoeste ao noroeste. A região ao norte era protestante ao sul era católica. A comunidade protestante se dividiu, por sua vez, em uma grande quantidade de denominações, como por exemplo os reformados, os contra-reformados e os luteranos. Ademais, desde o século XVII vivia nos Países Baixos uma comunidade judaica que em sua maioria procedia de descendentes de judeus originários da Espanha e Portugal. Também muitos huguenotes emigraram da França para os Países Baixos. Mais tarde chegaram os hindus e muçulmanos procedentes das antigas colônias neerlandesas da Indonésia e do Suriname. Devido ao fluxo de imigrantes de, entre outros países, Marrocos, Turquia, Indonésia e Suriname, o número de muçulmanos tem aumentado consideravelmente desde os anos sessenta. Atualmente residem nos Países Baixos aproximadamente 570.000 muçulmanos, que dispõem de 300 mesquitas.Desde meados deste século, a influência das igrejas nos Países Baixos tem diminuído. A tradição de adotar a fé dos pais está esvaindo-se pouco a pouco. A conseguinte diminuição do número de fiéis praticantes primeiro aconteceu entre os protestantes, porém, mais tarde também entre os católicos. Agora, mais da metade dos neerlandeses não está vinculada a nenhuma religião. No obstante, as várias religiões continuam exercendo uma influência importante na sociedade. A liberdade de religião é garantida pela constituição de 1848. Além disto, nos Países Baixos existe a separação entre igreja e Estado. Isto significa que o Estado não interfere nos assuntos internos das organizações de caráter religioso ou ideológico e que essas, por seu lado, não intervêm nos assuntos do Estado. No entanto, a Administração Pública pode exercer um papel estimulante a respeito. Por exemplo, a Lei de Qualidade das Instituições de Assistência dispõe que aqueles que se dedicam à assistência, devem esforçar-se para oferecer aos pacientes nas suas instituições acesso a um conselheiro espiritual de sua própria religião ou crença.
4 4 4
2014-07-19T13:54:39-03:00
VOU FALAR:O período colonial foi um dos mais robustos culturalmente para os holandeses; tanto para aqueles em seu país, quanto para aqueles no exterior. Os holandeses criaram uma cultura comercial e artisticamente bem sucedida, que celebrava o trabalho árduo e era admitia a tolerância religiosa. A ética de trabalho, crença e história da fé protestante predominante, o Calvinismo, apoiava essa Idade de Ouro da Holanda.
      
3 3 3