Respostas

A melhor resposta!
2014-07-21T17:36:42-03:00
Quando a família real veio para o Brasil no ano de 1580, Portugal estava prestes a ser invadido pelas tropas Napoleônicas, por conta do descumprimento por parte de Portugal do Bloqueio Continental (aos produtos ingleses), imposto por Napoleão. Durante o período que aqui ficou, Portugal ficou sob o domínio francês. Com o fim das invasões Napoleônicas e com o descontentamento da população portuguesa frente a política implementada pela família real Portuguesa enquanto esteve no Brasil (tratados comerciais com a Inglaterra, elevação do Brasil a reino unido de Portugal, etc), iniciou-se em Portugal uma revolução (Revolução Liberal do Porto), que fez com que D. João VI retornasse a Portugal, deixando seu filho D. Pedro sobre o controle da colônia.
OBS: D. Pedro torna-se D. Pedro I (do Brasil) ao declarar a independência do Brasil em 1822.
1 5 1
2014-07-21T17:39:28-03:00
Quando D Joao veio para o Brasil fugindo do Napoleão Bonaparte, ele deixou a Inglaterra sua principal aliada protegendo seu território em troca da aliança deles desde o acordo de panos e vinhos. Quando a família real veio para o Brasil, Portugal deixa de ser a metrópole e o Brasil a colônia invertendo os papéis, onde a capital do império Português se tornou o Rio de Janeiro. Portugal ficou sob guarda da Inglaterra porém os moradores de Portugal após a queda de Napoleão passou a exigir o retorno da família real e criaram o parlamento deixando assim D Joao e sua família inclusive sua mãe louca, com poderes limitados ao parlamento e após ameaça de perder de vez o trono D Joao retorna a Portugal e deixa seu filho D Pedro no Brasil, contrariando ordens do parlamento o que conseguiu retardar até a independência do Brasil.