Meu professor de geografia está fazendo um juri simulado, e Antonio Conselheiro está sendo acusado de ter começado a Guerra de canudos, pois ele pregava a monarquia. Eu sou uma promotora e preciso acusa-lo, mas também preciso de provas. Mas não sei por onde começar, e gostaria que alguém com experiencia pudesse me ajudar dando dicas de como fazer um bom trabalho, provas que ele é culpado e de coisas de que eu poderia falar.
Desde já agradeço.

1

Respostas

2014-07-24T14:34:10-03:00
Olha eu fiz um trabalho sobre a gurra de canudos...... vc esta contra ou a favor dele?

O conselheiro acreditava que era um enviado de Deus para acabar com as diferenças sociais e a cobrança de impostos. Com o passar do tempo, as idéias iniciais de Conselheiro foram sendo usadas como modo de justificar roubos e outras atitudes que em nada se pareciam com nenhum tipo de ensinamento religioso,
pois ele proibia com severidade tal ato. Na verdade quem esparramou o boato foi a república a fim de debilitar a revolta. A imprensa, o clero e os latifundiários da região incomodaram-se com uma nova cidade independente e com a constante migração de pessoas e valores para aquele novo local passaram a acusá-los disso, ganhando, desse modo, o apoio da opinião pública do país para justificar a guerra movida contra o arraial de Canudos e os seus habitantes.
junto com o fanatismo religioso, gerou um grave problema social. Em novembro de 1896, no sertão da Bahia, explodiu um conflito civil. Devido à força, o governo da Bahia pediu o apoio da República para conter este movimento formado por fanáticos, jagunços e sertanejos sem emprego. Causas da
Guerra Os latifundiários juntamente com o Governo da Bahia não aceitavam o fato dos habitantes de Canudos não pagarem impostos. Afirmavam que Antônio Conselheiro defendia a volta da Monarquia. Por outro lado, Antônio Conselheiro defendia o fim das cobranças dos impostos e era contrário ao casamento civil. Antônio Conselheiro era também um crítico do sistema republicano, como
ele funcionava no período. Consequências A Guerra de Canudos contou com a participação de aproximadamente 12 mil soldados de diferentes estados do Brasil, divididos em quatro expedições