Respostas

2013-08-04T17:32:16-03:00
Considerado o ato mais importante para o crescimento moral da grande massa da população brasileira, os atos que se sucederam em meados de junho passado verbalizaram a insatisfação popular de forma veemente e vibrante nas capitais do país.
A população brasileira, gritou suas insatisfações nas ruas do país, camuflados de jovens ativistas, como o intuito de atrair a atenção do mundo para os problemas sociais que atingem à todas as massas no Brasil. Problemas estes, tão mascarados pelo esteriótipo de "país maravilhoso", em que o resplandecente sorriso de uma nação, ofusca os nossos lamentos.
 Há quem diga, que o "levante" que motivou tantos jovens às ruas, tem fundamento político de opositores; que os manifestos não passam de modismos de grupos de ativistas de classe média alta que desejavam aventura ou algo assim. Mas as vozes não gritavam em uníssono. As premissas eram infinitas em meio à tantos argumentos, que iam levar seus manifestos à todos as lacunas de má administração social. O impasse em verbalizar um único ponto pareceu algo inatingível, fazendo com que, governo, imprensa e população ficassem a mercê da dúvida por determinado tempo.
 Não é de se espantar a proporção nacional que que os protestos tomaram, afinal, todos tem algo à ressentir-se perante à má qualidade dos setores públicos na sociedade. Outro fator que pode justificar o grande número de adeptos, é que, em meio à todos estes eventos, ficou claro que quanto maior o número de vozes, mais alto ecoaria suas insatisfações.
 Esta não foi a primeira e nem a última vez em que vimos protestos por parte de jovens,tomar as ruas das cidades. Porém vale ressaltar a importância que estes atos tiveram ao comunicar aos nossos excelentíssimos deputados e senadores, que seus impasses políticos não beneficiam uma nação, pelo contrário, pode levar à extrema insatisfação da mesma.
 
 
 
3 5 3