Respostas

2014-07-30T22:28:48-03:00
 Gás cabônico e nitrogenio 
1 1 1
2014-07-30T22:35:23-03:00
Se tem um negócio para gerir é muito provável que um dos seus objetivos permanentes seja melhorar a sua eficiência, e melhorar a eficiência passa muitas vezes por conseguir minimizar os custos de operação.
No que diz respeito à redução de custos, dizem as boas práticas de gestão que devemos reduzi-los sem que estes tenham implicação no valor acrescentado no nosso produto ou serviço. Ora, de entre os diversas tipos de custos que existem dentro das organizações existem algumas que de facto não contribuem com valor acrescentado para o nosso produto ou serviço, e um desses é a energia, mais concretamente no caso em que vos queremos falar, nogás.

Se já acompanha os artigos que vamos escrevendo (de forma algo indisciplinada, diga-se) no nosso blog, sabe que não costumamos usar esta secção do nosso site para nos promovermos diretamente ou para promover algum dos nossos serviços. Preferimos utilizar o nosso blog para divulgar a nossa opinião, aquilo em que acreditamos e artigos que acreditamos que lhe sejam úteis. E é precisamente por esse motivo que desta vez vamos escrever um artigo para promovermos um serviço nosso - Porque acreditamos que lhe pode ser muito útil.

Dos vários serviços que prestamos, um deles é o fornecimento de reservatórios de gás para empresas e particulares que tenham um consumo elevado de gás, associando ao mesmo um contrato de fornecimento de gás a granel (fornecido por meio de camião cisterna).

1 5 1