Respostas

2014-08-02T15:31:40-03:00
O Reino Unido foi pioneiro no processo da Revolução Industrial por diversos fatores: 

Pela aplicação de uma política econômica liberal desde meados do século XVIII. Antes da liberalização econômica, as atividades industriais e comerciais estavam cartelizadas pelo rígido sistema de guildas, razão pela qual a entrada de novos competidores e a inovação tecnológica eram muito limitados. Com a liberalização da indústria e do comércio ocorreu um enorme progresso tecnológico e um grande aumento da produtividade em um curto espaço de tempo. 
O processo de enriquecimento britânico adquiriu maior impulso após a Revolução Inglesa, que forneceu ao seu capitalismo a estabilidade que faltava para expandir os investimentos e ampliar os lucros. 
A Grã-Bretanha firmou vários acordos comerciais vantajosos com outros países. Um desses acordos foi o Tratado de Methuen, celebrado com a decadência da monarquia absoluta portuguesa, em 1703, por meio do qual conseguiu taxas preferenciais para os seus produtos no mercado português. 
A Grã-Bretanha possuía grandes reservas de ferro e de carvão mineral em seu subsolo, principais matérias-primas utilizadas neste período. Dispunham de mão-de-obra em abundância desde a Lei dos Cercamentos de Terras, que provocou o êxodo rural. Os trabalhadores dirigiram-se para os centros urbanos em busca de trabalho nas manufaturas. 
A burguesia inglesa tinha capital suficiente para financiar as fábricas, adquirir matérias-primas e máquinas e contratar empregados. 
Para ilustrar a relativa abundância do capital que existia na Inglaterra, pode se constatar que a taxa de juros no final do século XVIII era de cerca de 5% ao ano; já na China, onde praticamente não existia progresso econômico, a taxa de juros era de cerca de 30% ao ano.
2014-08-02T15:42:43-03:00
Mais conhecido como Primeira Revolução Industrial, que foi dada o ponta-pé inicial na Inglaterra em 1760. Isso se da por diversos fatores, vou citar cindo:
A GRANDE QUANTIDADE DE CARVÃO MINERAL: a Inglaterra tinha em seu sub-solo grandes reservas de carvão mineral que era o combustível essencial para movimentar as locomotivas a vapor que eram o meio de transporte mais avançado da época;
A GRANDE QUANTIDADE DE MINÉRIO DE FERRO: a principal matéria-prima usada na época;
MÃO-DE-OBRA DISPONÍVEL E EM ABUNDÂNCIA: ocasionada pela Lei dos Cercamentos de Terras, que fez com que os camponeses fossem para perto das reservas de carvão procurar empregos nas indústrias;
O FINANCIAMENTO DA BURGUESIA:  a burguesia só crescia na Inglaterra no século XVIII, isso possibilitava que os burgueses tivesses capital suficiente para financiarem para construir fábricas, comprar matéria-prima, comprar máquinas e contratar empregados;
O MERCADO CONSUMIDOR: esse foi a prova do sucesso do pioneirismo, o mercado consumidor começou local e depois se expandiu para o mundo, fazendo da Inglaterra a maior exportadora (na época) de produtos como alimentos, manufatura, máquinas, etc.