Respostas

2013-08-06T19:31:07-03:00
A perda do olfato é, em certa medida, uma das conseqüências esperadas do envelhecimento. Porém, nos portadores do mal de Parkinson, ela é mais acentuada e ocorre, em média, 7 anos antes do início dos sintomas motores. Na doença de Parkinson, há o comprometimento do bulbo olfatório, que ocorre antes mesmo da perda neuronal da substância negra (composta de neurônios com dopamina), afetando o olfato e, secundariamente, o paladar da pessoa que, até então, não apresenta nenhum outro sintoma motor", completa. 
 

http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php…    Leia o artigo :)