Respostas

A melhor resposta!
2014-08-05T21:00:15-03:00
O livro conta a história de um cortiço criado por João Romão, que herdou dinheiro de seu ex patrão que faleceu. Foi quando ele conheceu Bertoleza que era uma escrava mas tinha algumas economias guardadas, João então forjou a carta de alforria de Bertoleza. E aos poucos João construiu seu cortiço, e Bertoleza trabalhava em sua venda fritando peixes para os trabalhadores. E então Miranda, um comerciante de tecidos e também português, muda-se para o sobrado que fica ao lado do cortiço. Miranda e João disputam o espaço um do outro como vizinhos, mas logo os dois descobrem que tem interesses em comum, João quer ter acesso a alta sociedade e para isso ele se torna amigo de Miranda, que logo em seguida oferece a mão de sua filha a ele, mas para isso João precisa se livrar de Bertoleza, e então ele se lembra que ela ainda é uma escrava e tem um dono, e manda um de seus funcionário buscar o dono de Bertoleza, e ela acaba falecendo. 
Nisso ocorre a decadência do cortiço e também de muitos moradores, como de Pombinha, que era uma moça decente e que esperava sua primeira menstruação para se casar, e quando isso ocorre ela se da conta de que não quer isso para sua vida, e acaba largando seu marido para se tornar prostituta, e sua mãe falece de desgosto. 
Jerônimo que era casado larga sua esposa para se tornar amante de uma moça do cortiço, Rita Baiana, e assume o lugar de gerente 
da pedreira de João Romão. A esposa de Jerônimo se torna alcoólica.
1 5 1
Obrigado !
Tem como marcar como melhor resposta? Agradeço!
Vou marcar, você me ajudou muito .
De nada!