Respostas

2014-08-07T09:39:40-03:00
Jornada dupla feminina é a mulher trabalhar em mais de um emprego. Os perigos são vários : não conseguir executar todas as tarefas do lar com  total cuidado, disposição , e atenção . Observamos  que a dona que casa que trabalha fora e ainda chega em casa e tem toda as tarefas domésticas para fazer , claro que estará sobrecarregada , estressada e não conseguindo fazer tudo que precisaria. Sem falar nos filhos que ficarão muitas vezes desde pequeninos ao cuidado de creches, escolinhas, ou outras pessoas , faltando assim todo o amor e cuidado da mãe, e chegando em casa  muitas vezes não tem tempo de acompanhar lições e trabalhos dos filhos .Problema social se torna justamente pelo abandono dos filhos .
Não ave Maria
Só falta dizer que a mulher não dá a atenção ao marido e acaba divorciada O. o
então o que é a jornada dupla feminina ? :3
2014-08-07T10:15:28-03:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
Quem disse que a mulher é a única responsável por lavar passar cozinhar, arrumar limpar decorar odorizar a casa? E educar, higienizar, alfabetizar e espiritualizar os filhos? Percebeu qual é a dupla jornada? O colega sequer percebeu isso como trabalho, ele disse que o trabalho fora de casa atrapalha as tarefas que ele vê como obrigações obviamente femininas.

A dupla jornada (a profissão fora de casa e os serviços domésticos e educacionais exercidos apenas por ela dentro de casa) causa prejuízo à saúde física e psicológica da mulher. Um dos lados será prejudicado. A mulher representa quase metade da mão-de-obra do país e exerce suas obrigações profissionais carregando as dificuldades de quem tem um segundo emprego. Muitas vezes, por pressão social (a sociedade enxerga o trabalho doméstico e parental como missão divina feminina) ela acaba sacrificando o lado profissinal a favor da família. As que privilegiam a jornada profissional exercem a segunda jornada em extrema desvantagem, pois já são de antemão condenadas e não contam com políticas públicas de apoio. E, se ela é mãe... o pai da criança tá fazendo o quê?