Respostas

2014-08-07T19:22:20-03:00
Vamos pensar.
X, elemento desconhecido, é isóbaro de Ca, quer dizer que tem a mesma massa que Ca.
Sabendo disso, se Ca tem 41, então X terá 41.
Se X é isótopo é de K, e K tem 19 eletrons, então X terá 19 eletrons.
Isótopo significa que tem o mesmos prótons e elétrons, sendo assim, vamos a conclusão:
A =Z + N
Z = Prótons N = nêutrons e A = massa
Sendo assim, X tem mesmo eletrons de K, que é igual a 19, então terá também 19 prótons. X tem a mesma massa de Ca, ou seja, 41, agora substituindo:
41 = 19 + N
N = 41 - 19
N= 22 , ou seja, tem 22 nêutrons.

Espero ter ajudado. Bons Estudos.
2014-08-07T20:34:58-03:00
Olá, Ana Clara!

Para a resolução deste exercício basta lembrar de alguns conceitos básicos:
Isótopos: átomos que apresentam o mesmo número atômico (Z), mas apresentam diferentes números de massa (A).
Isóbaros: átomos que apresentam diferentes números atômicos (Z), mas mesmo número de massa (A).
Isótonos: átomos que apresentam o mesmo número de nêutrons (n), mas diferentes números atômicos (Z) e de massa (A).

2.
Átomo X        Para encontrarmos o número de nêutrons, seguimos a fórmula: 
Z = 19            n = A - Z , ou seja: n = 41 - 19; nêutrons = 22
e = 19
n = ? 
A = 41             

3. Átomo A         Átomo B           Átomo C
Z = 63                Z = 64               Z = 65
e = 63                e = 64               e = 65
n = 87                n = 86               n = 86
A = 150              A = 150             A =  ?

Para encontrarmos o número de massa do Átomo C, seguimos a fórmula: A = Z + n , ou seja: A = 65 + 86; Número de massa = 151