Respostas

A melhor resposta!
2014-08-08T17:41:24-03:00
Olá, Renan.

Um macete infalível para descobrir se a anomalia é recessiva ou dominante, basta:
1º Procurar por pais iguais entre si com filhos diferentes;
2º Se a doença afeta os pais, a doença necessariamente é dominante.
3º Se a doença afeta os filhos, a doença necessariamente é recessiva.

A partir da análise observamos que a doença é dominante

Assim:
fenótipo afetado → genótipos prováveis: AA ou Aa
fenótipo normal 
→ genótipo: aa 

Fazendo o cruzamento-teste para a probabilidade de um indivíduo ser heterozigoto:
Aa x Aa
AA Aa Aa aa = Probabilidade: 1/2

Resposta correta: Alternativa D) dominante, e a probabilidade de 3 ser heterozigoto é de 1/2.
1 5 1
Acho que sei a resposta, irei editar.
Esqueça, realmente estranho essa questão. Realmente o gabarito deve está errado.
Realmente. O gabarito so pode estar errado! muito obrigado, Pessoal!
Por nada! ;)
Disponha ;D
2014-08-08T17:51:18-03:00
Vamos la, vou basear a resposta na imagem, então qualquer dúvida pode me comunicar.
Existe um "macete" para descobrir se um gene é recessivo ou dominante, primeiros temos que achar os pais com mesmo genes.
Nesse caso, temos os pais com a anomalia, então vamos batizar cada um de Aa e Aa. 
Sendo a mãe e o pai sendo Aa, então os filhos poderão ser os seguintes descentes: AA Aa aA(nesse caso, ficaria Aa, pois o "A" é dominante, e fica na frente) aa.
Agora veremos os filhos, no caso vimos que os filhos são metade com a anomalia, e metade são normais.
Outra "macete" importante, quando metade dos descendentes tem a anomalia, a anomalia é Dominante.
No caso, como batizamos de Aa os pais, e a anomalia é dominante, então significa que A é o gene dominante.
Se os filhos metade tem a anomalia, então serão esses seus prováveis genes:
3 - AA ou Aa
4 - aa
5 - aa
6 - AA ou Aa

Analisando as respostas, vamos ver a que mais se adéqua a esses termos que sabemos agora.
As opções a) c) e e) são eliminadas, pois já sabemos que à anomalia é dominante.
Então vejamos a opção b) e d).
b) o filho 6 ser heterozigoto( ou seja, Aa, genes diferentes) é de 1/2, não de 2/3
Sendo assim, a opção certa é a opção d), sim o filho 3, a probabilidade do filho ser heterozigoto é de 1/2. 

Espero ter ajudado. Bons estudos.