"Analisando-se a evolução dos gastos públicos no Brasil, pode-se afirmar o seguinte: as despesas correntes, que se situavam ao redor de 20% do PIB na década de 70, passaram a ser superiores a 30% na média dos anos 2000-2009, enquanto as despesas com investimentos, que eram de 3,0%, caíram para apenas 0,5%. Cabe ressaltar que as despesas com pessoal e com a previdência têm aumentado, mas o que mais cresceu foram os gastos com juros das dívidas interna e externa que, de apenas 0,6% do PIB na década de 70, tem se mantido em torno de 7%, na média dos últimos oito anos." (DIAS, 2012, p. 113). Sobre o assunto em questão, leia atentamente as afirmações abaixo e na sequência assinale a alternativa INCORRETA:
ALTERNATIVAS
a-Os juros das dívidas interna e externa, nos últimos anos, tem sido de expressiva representatividade nas despesas do governo.
b-Geralmente, as despesas com pessoal e encargos sociais da União são decrescentes, daí a pouca importância de tais despesas nas despesas do governo.
c-Sabe-se que o montante gasto com investimentos é relativamente menor frente as despesas com juros (dívida interna e externa); com pessoal e encargos sociais da União; com custeio da máquina pública; e com déficit da previdência.
d-As despesas com investimentos visam aumentar a capacidade de geração de bens e serviços no país, tais como: construção de estradas, rodovias, escolas etc.

1

Respostas

2014-08-17T03:59:30-03:00
Atendendo ao enunciado a alternativa incorreta é:
b-Geralmente, as despesas com pessoal e encargos sociais da União são decrescentes, daí a pouca importância de tais despesas nas despesas do governo.
1 5 1