Respostas

A melhor resposta!
2013-08-12T22:40:19-03:00
Recentemente, o debate sobre a “discriminação racial” no Brasil tem esquentado em torno de uma nova questão: a implantação das chamadas Políticas de Ação Afirmativa.3 Mesmo que hoje, diferentemente de um passado não muito remoto, a grande maioria dos especialistas reconheça que a sociedade brasileira não está livre da pecha do racismo, não há consenso em torno dos métodos que possam ser eficazes para enfrentar este problema social. E muito menos em torno da maneira de analisar, de forma adequada, este fenômeno social: a prática do racismo4. Aliás, na discussão atual, as diferentes concepções do que seja o racismo raramente são explicitadas pelos debatedores. Enquanto alguns entendem a introdução de Ações Afirmativas como uma espécie de precondição para a superação do racismo, uma vez que, segundo esta interpretação, a discriminação positiva ajudará os historicamente desprivilegiados a criar e fortalecer uma identidade positiva, outros vêem em tais medidas um ataque perigoso contra a “maneira tradicional brasileira” de se relacionar com as “diferenças humanas” e temem que por meio delas poderiam ser instigados conflitos raciais abertos.
1 5 1