Respostas

2014-08-19T22:16:42-03:00
No século XIX, influenciado por pressões externas, o Brasil instituiu a lei que tornava livres, negros escravizados que alcançavam os 60 anos de idade. Porém, mesmo que atingisse essa idade, devido aos maus tratos, doenças e outros fatores, a pessoa ficava "liberta", porém, analfabeta, sem emprego para se sustentar, sem moradia pois nada podia comprar enquanto escravo, restando-lhe se sujeitar ao anterior dono até sua morte.