Respostas

2014-08-20T22:44:51-03:00
A urbanização de uma sociedade origina uma rede urbana, isto é, um sistema integrado de cidades que vai das pequenas ou locais às metrópoles ou cidades gigantescas. A regra geral é que para milhares de pequenas cidades existam centenas de cidades médias e poucas metrópoles. 

A rede urbana nada mais é que a malha metropolitana de um país que constitui-se basicamente de cidade global, metrópole nacional, metrópole estadual, metrópole regional, médias e pequenas cidades. 

Cidades Globais: Termo que designa, em geografia urbana, a grande cidade, de funções complexas, que exerce influência sobre a área contígua dentro da qual comanda toda uma rede de cidades menores. 

Metrópoles: Termo que designa, em geografia urbana, a grande cidade, de funções complexas, que exerce influência sobre a área contígua dentro da qual comanda toda uma rede de cidades menores. Aglomerado urbano constituído de várias cidades que cresceram e se uniram por aglutinação. 

Médias e pequenas cidades: Uma cidade é uma área urbanizada, que se diferencia de vilas e outras entidades urbanas através de vários critérios, os quais incluem população, densidade populacional ou estatuto legal, embora sua clara definição não seja precisa, sendo alvo de discussões diversas. A população de uma cidade varia entre as poucas centenas de habitantes até a dezena de milhão de habitantes. As cidades são as áreas mais densamente povoadas do mundo. 

HIERARQUIA URBANA: 

A hierarquia urbana nada mais é do que a escala de subordinação entre as cidades, geralmente da seguinte forma: as pequenas cidades que existem aos milhares, que se subordinam as cidades médias, que existem em número menor que as pequenas cidades, estas, as cidades médias, que se subordinam às cidades grandes. As grandes cidades ou metrópoles são muito poucas. 

Esta teoria está relacionada com o ranking de cidades, desde a mais pequena até à que tem maior população e mais serviços e bens considerados centrais, bem como população. 

Exemplo: Uma cidade média poderá ser Pombal, que se caracteriza por ter um equilibrio populacional, por ter algumas vivendas dentro do perímetro urbano, fruto do crescimento do mesmo, e alguma parte da população ainda pratica uma agricultura de complemento em terrenos não urbanizados. 

Uma cidade intermédia pode ser Leiria. Esta cidade está num patamar acima de Pombal e numa hierarquia superior. Caracteriza-se por ter um tipo de urbanização mais intensa e tem modos de vida totalmente urbanos, com serviços centrais (que as outras cidades de média dimensão não têm) e claro, com maior população. É sede de distrito. 

Ter em atenção que dentro da hierarquia urbana as cidades podem mudar de posição. Exemplo disso é o novo fenômeno de desinvestimento econômico que se verifica em algumas cidades médias e intermédias Portuguesas. O fechamento de fábricas consideradas âncora para a fixação de população e as transferências de população entre as cidades podem fazer variar a sua posição bem como a sua posição hierárquica. 
1 1 1