Respostas

2014-08-23T09:06:38-03:00
Os povos germânicos dividiam-se em numerosas tribos e receberam esse nome por habitarem a região da Germânia, que era uma região da Europa localizada além dos limites do Império Romano. Uma curiosidade interessante é que os povos germânicos eram considerados “bárbaros” pelos povos romanos. 
Os aspectos culturais e político-econômicos dos germânicos indicam um povo que vivia em independentes e pequenas povoações e que possuíam uma economia muito baseada na pecuária e na agricultura de subsistência. 
A religião dos povos germânicos caracterizava-se pela adoração de vários deuses e alguns elementos da natureza. Odin era uma das principais divindades germânicas. Além disso, o pensamento religioso germânico pregava a fé em um paraíso além-vida chamado de Valhalla. Esse paraíso abrigaria os grandes guerreiros que teriam uma vida de prazeres ao lado das valquírias, um grupo de jovens guerreiras virgens. 
A alimentação dos povos germânicos era composta primordialmente por carne de bonivos, de caprinos, de suínos, de ovinos, de aves domésticas e de todo tipo de caça (principalmente javali, veado, coelho, lebre, pombo, perdiz), peixe, leite, queijo, gordura animal, trigo, aveia, cevada, centeio, couve, nabo, cenoura, cebola, feijão, ervilha, pêra e maçã. Eles produziam cerveja. Não conheciam café e o açúcar eram tão caro que poucos podiam se dar ao luxo de consumir. 
Um dos motivos que os impulsionava para as invasões dos territórios além dos seus domínios era o solo fraco para o plantio de cereais
1 5 1