Respostas

2014-08-26T13:00:35-03:00
Pinacócitos, que são as células da epiderme exterior - são finas, coriáceas e estreitamente ligadas. 
Coanócitos, também chamadas "células de colarinho" porque têm um flagelo rodeado por uma coroa de cílios, revestem o esponjocele e funcionam como uma espécie de sistema digestivo e sistema repiratório combinados, uma vez que os flagelos criam uma corrente que renova a água que as cobre, da qual elas retiram o oxigénio e as partículas de alimento. 
Porócitos, que são as células que revestem os poros da parede e podem contrair-se, formando uma espécie de tecido muscular. 
Archaeócitos (Amebócitos) que se deslocam no mesênquima, realizando muitas das funções vitais do animal, como a digestão das partículas de alimento, o transporte de nutrientes e a produção de gâmetas. 
Esclerócitos (Amebócitos), que são as células responsáveis pela secreção das espículas. 
Espongócitos (Amebócitos), que são as células responsáveis pela secreção da espongina, nas espécies em que é este o "esqueleto" do animal. 
As esponjas desenvolvem-se em três padrões: 
asconóide, que é o tipo mais simples - um simples tubo. Muito pequeno e muito raro. 
siconóide, em que o tubo se dobra sobre si mesmo, permitindo o crescimento do animal. 
leuconóide, o caso mais complexo, em que a parede se dobra várias vezes, formando um sistema de canais. Esse é o tipo mais comum na natureza.
4 4 4