Em uma das extremidades de um canal longo, fechado
e estreito, são produzidas ondas de frequência 2,5 Hz e
amplitude 0,25 m. Essas ondas se refletem na outra extremidade
do canal e interferem com as ondas emitidas
formando um padrão de ondas estacionárias. São observados
ventres de deslocamento (máximos de amplitude)
a cada 1,0 m ao longo do canal. Além disso, duas pequenas
boias estão situadas sobre dois ventres consecutivos
e oscilam verticalmente para cima e para baixo.
A velocidade das ondas, em m/s, e a diferença máxima de
altura entre as boias, em metros, valem, respectivamente,
(A) 2,5 e 0
(B) 2,5 e 1,0
(C) 5,0 e 0,5
(D) 5,0 e 1,0
(E) 5,0 e 2,0

1
o gabarito é letra D

Respostas

  • Usuário do Brainly
2014-08-28T21:16:34-03:00
Amplitude é o tanto que vai para cima e o tanto que vai para baixo.
Tomando essa onda sonora num gráfico, temos a amplitude máxima como +0,25 e a amplitude mínima como -0,25.

~~>A diferença de amplitude é 0,25 - (-25) = 0,25 + 0,25 = 0,5.

Na onda estacionária, a distância entre dois ventres ou dois nós sempre equivalem a metade do comprimento da onda, ou seja , y/2.
y/2 = 1
y= 2 metros

v=y.f
v=2.2,5

~~v= 5 Hz 

(c)
O gabarito é D, desculpa, esqueci de colocar isso no fim da questão, mas obrigada por tentar