Respostas

2013-08-20T17:44:04-03:00
Eleições, no Brasil, funcionam muito bem, em todos os níveis: Federal (Presidente), Estadual (Governador) e Municipal (Prefeito), devendo ser esclarecido que o nosso sistema eletrônico é o mais moderno e de menor margem de erro. Temos eleições a cada quatro anos para Presidente e Governadores, defasados de dois anos para Prefeitos.

Processo Eleitoral:
-1º- VOTO NO CANDIDATO:
-A- Candidato para qualquer dos cargos citados, que obtiver 50% (cinqüenta por cento) dos votos, mais um voto, é eleito no 1º turno, não havendo outra eleição para aquele cargo.
-B- Caso nenhum dos candidatos obtenha a maioria absoluta dos votos, haverá um segundo turno de votação, envolvendo os dois candidatos que obtiveram as maiores votações.

“Este sistema é democrático, porém, obriga ao voto em um dos candidatos, mesmo que você os ache inadequados para o cargo pretendido.”

-2º- VOTO NA LEGENDA (PARTIDO):
-A- Praticamente inexistente, pois, para os cargos citados, somente é apresentado, pelo partido, um candidato.

-3º- VOTO EM BRANCO:
-A- Como significa que o eleitor aceita qualquer dos candidatos, o voto vai para o vencedor, criando uma ilusão de que o candidato recebeu mais votos do que realmente teve. Quando sai o relatório da eleição esses votos já são incorporados ao vencedor e o eleitor fica a ver navios.

-4º- VOTO NULO (ANULADO):
-A- Da mesma maneira que o voto direto no candidato, representa que o eleitor quer um determinado candidato na administração do cargo, o VOTO NULO indica que o eleitor acha que os candidatos não são suficientemente competentes para ocuparem uma determinada posição administrativa, nos níveis Federal, Estadual ou Municipal.

Como não encontrei nenhuma legislação referente ao “CANCELAMENTO DAS ELEIÇÕES” devido aos VOTOS NULOS representarem 50% (cinqüenta por cento) mais um, dos votos, começo a entender o motivo das campanhas, pela mídia, de “Não anule o seu direito”

Baseado no exposto, até agora, devemos refletir e discutir bastante as diretrizes das eleições e fazer valer o direito de qualquer das formas de voto que apresentei acima.

Se a eleição for anulada devido aos votos nulos e o candidato impedido de se reeleger no mesmo sufrágio, tenho certeza de que as propostas serão apresentadas de maneira mais racional e os candidatos farão planos de governo mais factíveis, evitando promessas que só conseguem fazer a população ficar descrente do nosso sistema eleitoral.