GABARITO 3UEM/CVU – PAS/2011 Etapa 1Caderno de Questões2 REDAÇÃO Texto Aquiles e a verruga (Roberto Gomes) Foi uma paixão fulminante. Um encontro casual numa sorveteria, uma noite num bar, um fim de semana no litoral. Estavam apaixonados. Duas semanas depois, resolveram morar juntos. Alugaram um apartamento minúsculo, onde mal cabiam os dois – e era isso mesmo que eles queriam. Juntos para sempre. Passaram semanas esquecidos do mundo, entre o trabalho e o apartamento, onde viviam de refeições pedidas por telefone e DVDs assistidos até a madrugada. Era o amor, dizia ele. É o amor, ela respondia. Até que numa madrugada, especialmente cálida e movimentada, ela ficou subitamente tensa, deu um salto da cama e exclamou: – Você tem verruga! – Tenho o quê? – Verruga. Uma verruga horrorosa. Ele tinha mesmo uma verruga no calcanhar esquerdo, já nem lembrava dela. – É, tenho. Ela acendeu a luz e saiu em busca do roupão, no qual se embrulhou, pudica. – Por que não me disse antes? – Por que eu deveria ter falado disso? – Eu tenho horror a verrugas. Ele tentou brincar: – Você tem horror a verrugas. Eu tenho uma só. – É o bastante. Você deveria ter falado disso. – Da verruga? – Da verruga. Estamos juntos há dois meses e você nunca me falou dela. – Dela? – Da verruga. É como se você mentisse para mim esse tempo todo. – Mentisse? Mas você ficou doida, criatura? Eu tenho uma verruga, só isso. – No tendão. – Tudo bem. Outros têm verruga no dedo indicador – tentou novamente fazer uma brincadeira. Se ainda fosse... – Não faça piadinhas! É sério. Tenho fobia a verrugas. – Não acredito. Você tem certeza de que não está brincando? – Imagina! Não brinco com verrugas! É coisa séria. Ela abriu o guarda-roupa, apanhou uma mala e começou a recolher suas roupas. – O que você está fazendo? Perguntou ele. – Vou embora. – Por causa de uma verruga? – Isso mesmo. Não suporto verrugas. Tenho fobia. Ele se levantou da cama e, inexplicavelmente, se sentiu chocado com a própria nudez. Colocou a calça do pijama. Aproximou-se dela. Ela gritou: – Não me toque! Não ponha a mão em mim! Ele abriu os braços, patético: – Mas... E nossa paixão? Nossos sonhos? Nossos planos? – Tudo acabado. – Por causa de uma verruga? – Por isso mesmo – disse ela, enfiando-se num jeans e numa camiseta. – E se eu tirasse a verruga? Colocando o tênis, ela dirigiu a ele um olhar cheio de pânico: – Não adianta. Volta. Verruga é para sempre. Você corta aqui, ela renasce. Pula para outro lugar. Passa de um dedo para outro. Sinto muito. Arrastou a mala até a porta, apanhou as chaves e disse: – Amanhã eu volto para pegar o resto das minhas coisas. Adeus. Antes de fechar a porta, ela apagou a luz e ele ficou ali, de pijama, no meio da sala, no escuro. Sozinho. ÊNERO TEXTUAL 1 – CARTA PESSOAL Com base no texto Aquiles e a verruga, imagine a seguinte situação: você terminou um relacionamento amoroso por uma causa banal, a exemplo da história apresentada no texto de apoio. Escreva uma CARTA PESSOAL, com no máximo 20 linhas, em que você relembre os bons momentos ao lado da pessoa amada e apresente argumentos tentando reatar o namoro. Nessa carta pessoal, seu destinatário deverá chamar-se José ou Josefa e você, o remetente, deverá assinar como Maria ou Mário

1
Alguém pde me ajudar fazer essa carta pessoal

Respostas

2013-08-24T21:42:45-03:00
Eu faria assim:

José,
       me desculpe por ter te deixado de forma tão repentina e irracional, mas nunca achei que iria encontrar algo tão desconcertante no que eu achei que fosse perfeito pra mim. Estou escrevendo esta carta na intenção de pedir perdão, peço que voce se coloque em meu lugar, o que voce faria se descobrisse que a pessoa que voce ama faz, ou tem aquilo que voce mais teme?
   Eu agi por impulso, mas passei a noite em claro, pensando nos dias que passamos juntos, em cada toque, cada olhar, no reflexo do sol em seus cabelos, em como voce sabe me fazer rir, e ate no dia em que conheci seus pais, e assim reconsiderei pois sei que nosso amor é forte o bastante para enfrentar esse empecilho entre nós. Obrigada, não apenas por ler o que eu tinha a dizer, mas por pensar a respeito.

Com amor, Maria.
3 2 3
espero que tenha ajudado
Obrigada
viu vc sabe qual é a causa, o motivo, argumentos, local,vocativo