Respostas

2013-08-27T09:33:15-03:00
Tentativa de fundir duas características diferentes do pensamento europeu.

Culto exagerado da obra, sobrecarregando a poesia de figuras de linguagem (principalmente a antítese, o paradoxo e a gradação)Dualismo:onde o poeta se sente dividido e confuso por causa do dualismo de idéias.

Culto do Contraste, conflito entre o bem e o mal, o Céu e Inferno, Deus e o Diabo, o material e o espiritual, o pecado e o perdão…Pessimismo, que era acarretado pela confusão causada pelo dualismo.

Literatura moralista, já que era usada pelos padres jesuítas para pregar a fé e a religião.

Preocupação com a transitoriedade da vida: por ser curta a vida não permite que o homem a viva intensamente como seria seu desejo.

Presença de impressões sensoriais: usando seus sentidos o homem tenta captar todo o sentido da miséria humana ressaltando seus aspectos dolorosos e cruéis.

O barroco revela a busca da novidade e da surpresa, o gosto da dificuldade.O barroco apesar de pautada em conflitos existenciais, reflete também as mudanças na sociedade da época.O homem dividido entre o desejo de aproveitar a vida e o de garantir um lugar no céu.

Conflito existencial gerado pelo dilema do homem dividido entre o prazer pagão e a fé religiosa.

Antropocentrismo x Teocentrismo (homem X Deus, carne X espírito).Detalhismo e rebuscamento- a extravagância e o exagero nos detalhes.

Contradição- é a arte do contraditório, onde é comum a idéia de opostos: bem X mal, pecado X perdão, homem X Deus.

Linguagem rebuscada e trabalhada ao extremo, usando muitos recursos estilísticos e figuras de linguagem e sintaxe, hipérboles, metáforas, antíteses e paradoxos, para melhor expressarem a comparação entre o prazer passageiro da vida e a vida eterna.

Regido por duas filosofias: Cultismo e Conceptismo.Cultismo é o jogo de palavras, o uso culto da língua, predominando inversões sintáticas.

Conceptismo são os jogos de raciocínio e de retórica que visavam melhor explicar o conflito dos opostos.
3 3 3