Respostas

2013-08-28T21:01:59-03:00
Anatomia   Leonardo da Vinci nasceu numa aldeia perto de Florença, Itália em 1482. Seu pai, o tabelião Piero, não se casou com a jovem Catarina e recusou-se a dar ao menino o nome de família, o que veio a tornar famosa a aldeia de Vinci. A formação de Leonardo da Anatomia do corpo humano iniciou-se com o seu aprendizado no ateliê de Andrea del Verrocchio. Seu mestre insistia que todos os alunos deviam aprender Anatomia. Como artista, ele rapidamente se tornou mestre da anatomia topográfica, realizando muitos estudos de músculos, tendões e outras características anatômicas visíveis. Como artista de sucesso, ele recebeu a permissão para dissecar cadáveres humanos no Hospital de Santa Maria Nuova, em Florença, e mais tarde no hospital de Milão e Roma. Entre 1510 e 1511, colaborou em seus estudos o médico Marcantonio della Torre, e juntos elaboraram um trabalho teórico sobre a anatomia, em que Leonardo fez mais de 200 desenhos. Foi publicado apenas em 1680 (161 anos após sua morte), integrando o Trattato della Pintura.   Leonardo desenhou muitos estudos sobre o esqueleto humano e suas partes, bem como os músculos e nervos, o coração e o sistema vascular, os órgãos sexuais e outros órgãos internos. Ele fez um dos primeiros desenhos científicos de um feto no útero. Como artista, Leonardo observou e registrou cuidadosamente os efeitos da idade e da emoção humana sobre a fisiologia, estudando em particular os efeitos da raiva. Ele também desenhou muitas figuras importantes que tinham deformidades faciais ou sinais de doença,estudando e desenhando também a anatomia de animais diversos, dissecando vacas, aves, macacos, ursos e rãs, comparando seus desenhos em sua estrutura anatômica com a dos seres humanos.      As suas pesquisas, as conclusões a que chegou e as novas questões que formulou, eram anotadas numa escrita peculiar, intraduzível, indecifrável durante muitos anos (até que se descobriu que ele escrevia para ser lido diante de um espelho). Esses cadernos - se revelados e aceitos na época - certamente teriam feito a medicina avançar 100 anos, no mínimo.
2 4 2