POR FAVOR ME AJUDEM:interpretar esse trecho do sermão da sexagésima: OPOR FAVOR ME AJUDEM:
interpretar esse trecho do sermão da sexagésima:
O pregar há-de ser como quem semeia, e não como quem ladrilha ou azuleja. Ordenado, mas como as estrelas.(...)Todas as estrelas estão por sua ordem; mas é ordem que faz influência, não é ordem que faça lavor. Não fez Deus o céu em xadrez de estrelas, como os pregadores fazem o sermão em xadrez de palavras. Se de uma parte há-de estar branco, da outra há-de estar negro; se de uma parte está dia, da outra há-de estar noite; se de uma parte dizem luz, da outra hão-de dizer sombra; se de uma parte dizem desceu, da outra hão-de dizer subiu. Basta que não havemos de ver num sermão duas palavras em paz? Todas hão-de estar sempre em fronteira com o seu contrário?

1

Respostas

2013-09-08T18:49:34-03:00
Um texto contraditorio, cheio de duvidas
Basta que não havemos de ver num sermão duas palavras em paz?
-em um sermão as palavras terão  seus opostos
Todas hão-de estar sempre em fronteira com o seu contrário?
conflitos de palavras como perguntas.
só com estas duas frases você começa a perceber o que o texto quer te dizer.


1 3 1