De acordo com o filme o corcunda de Notre-Dame qual o contexto ou epoca medieval observando cenario, costumes sociais, vestimenta, alimentaçao, contexto familiar, posiçao sociao do homem e da mulher, descreve a arquitetura medieval principalmente da igreja e das moradias. Que ja tiver visto este filme e puder me ajudar.. ;) .

1

Respostas

2013-09-21T00:52:01-03:00
    A época em que o filme é inspirado, estava em um perído gótico, principalmente as igrejas. No filme tem a Catedral de Notre-Dame de Paris, e essa igreja foi uma das primeiras igrejas a serem construídas em arquitetura gótica(sendo que a primeira foi a Basílica de Saint-Denis em Paris). E como é essa arquitetura gótica?
    Geralmente as maiorias das catedrais, possuiam a aparência semelhante à um crucifixo. Os principais elementos da arquitetura gótica são as várias torres, os portais e abóbadas ogivais, e os vitrais. 
    Torres: Eram localizadas em partes variadas. As catedrais tinham várias torres que chegavam ao céu em vários modelos. Era um dos principais elentos da arquitetura gótica.
     Portais: Também eram chamados de arcos ogivais, eram localizados principalmente na fachada das catedrais. Dividindo o peso da abóbada central, consequentemente, descarregando-a sobre vários pontos, ao invés de um e também, podendo usar material mais leve para a abóbada ou mesmo para as bases de sustentação.
     Abóbadas: era necessário que as catedrais fossem exuberantemente altas, grande luminosidade e uma plena continuidade entre o início de seus pilares e o cume de suas abóbadas. Durante o auge da arquitetura gótica uma das principais características deste estilo arquitetônico foram as abóbadas ogivais, ou seja, com formato pontiagudo.
    Vitrais: Come esta arquitetura precisava de iluminação, foram feitos vitrais coloridos na catedrais. Os raios solares são filtrados pelos vitrais e rosáceas, criando no interior da estrutura gótica, um ambiente iluminado e colorido e também, transmitindo aos fiéis religiosos uma sensação de êxtase.
     E assim era essa arquitetura gótica, não se esquecendo das gárgulas e esculturas santas.
     Gárgulas: Como elemento arquitetónico, as gárgulas possuem a função de escoar as águas pluviais da cobertura e telhado dos edifícios góticos, impossibilitando-a de escorrer pelas paredes exteriores, degradando o local. Existem também opiniões diferentes sobre o elemento. Uma delas é que as gárgulas não servem para esta função de escoar a água e sim apenas para decorar o ambiente. A opinião mais controversa é de que as gárgulas sirvam para proteger os templos e durante o período da noite criam vida. Este obscuro boato colaborou para que as pessoas passassem a acreditar que as gárgulas serviam também para afastar os maus espiritos, imagem que se consagrou e é recitada pelos guias de turismo em toda a Europa. As esculturas de gárgulas representam seres conhecidos como quimeras.
     Esculturas Santas: Eram expressadas a fé e religiosidade que o povo europeu sentia. Os caracteres esculturais seguem o fundamento gótico do verticalismo e são, majoritariamente, encontrados em portais e colunas. As esculturas, muitas vezes, representam personagens bíblicos como a Virgem Maria e alguns santos.
     Naquela época as mulheres mais procuradas para se casarem eram aquelas que no mínimo teriam que saber ler e escrever, tocar piano, desenhar, tricotar, e cozinhar bem. As mulheres eram criadas para serem donas de casa(em exceção das nobres). Os homens já eram criados para um dia se tornarem trabalhadores, como soldados, comerciantes e navegadores. 
      As vestimentas eram renascentistas ou no estilo vitoriano na Inglaterra.
    
1 5 1