Respostas

2013-09-22T21:23:05-03:00
Depois de Portugal e do Brasil tornou-se um do Reino Unido, em 1815, a presença da corte Português no Rio de Janeiro incentivou a visita de naturalistas europeus e estudiosos que estavam interessados ​​no estudo da geografia do Brasil e sua flora e fauna. O príncipe regente, Dom Pedro de Alcântara (1798-1834), casou-se Dona Leopoldina (1797-1826), filha do imperador Francisco II da Áustria. Dona Leopodina era um aluno brilhante de ciências naturais, sua presença na família real incentivou explorações científicas por cientistas alemães e austríacos e os artistas que os acompanhavam.
A expedição artística francesa ao Rio de Janeiro organizado pelo embaixador Marquês de Marialva, em 1816, trouxe para o Brasil tais figuras bem conhecidas como os pintores Joaquim Lebreton (1760-1819), Nicolas Antoine Taunay (1755-1830) e Jean Baptiste Debret (1768 -1848), o escultor Auguste Taunay (1769-1824), o arquiteto Grandjean de Montigny (1776-1850), eo gravador Charles Simon Pradier (1783-1847). Pouco depois de sua visita, a Real Academia de Desenho, Pintura, Escultura e Arquitetura Civil (Real Academia de Desenho, Pintura, Escultura e Arquitetura Civil) foi criada em Rio.Jean-Baptiste Debret foi um importante artista plástico (pintor e desenhista) francês. Nasceu em 18 de abril de 1768, em Paris, e faleceu na mesma cidade em 28 de junho de 1848. Debret integrou a Missão Artística Francesa que chegou ao Brasil em 26 de março de 1816. Suas obras formam um importante acervo para o estudo da história e cultura brasileira da primeira metade do século XIX.

Espero ter ajudado bjos



2013-09-22T21:26:49-03:00
Jean Baptiste Debret foi um pintor e desenhista francês que integrou a Missão Artística Francesa no Brasil, a convite de Dom João VI, durante o período em que a corte portuguesa instalou-se no Brasil, que foi elevado a Reino Unido a Portugal e Algarves. Nasceu a 18 de abril de 1768, na  capital francesa, Paris, onde permaneceu até 1816. Em março daquele ano, Debret chegava ao Brasil, onde permaneceria até 1831.Debret é primo de Jacques Luis David, grande artista líder da Escola neoclássica, ao qual seguiu e estudou nas principais escolas de arte do país (Lycée Luis-le-Grand, Escola de Belas Artes de Paris e, depois, Institut de France) chegando a ser aluno de seu primo. Recebeu vários prêmios, inclusive foi financiado por Napoleão em algumas oportunidades. Quando o candidato a ‘rei do mundo’, Napoleão, foi derrubado, vários artistas perderam o incentivo. Além disso, Debret perdera um filho com 18 anos de idade, apenas. Estes fatos fizeram com que ele aceitasse o novo desafio e vir enriquecer a arte no Brasil.A presença de imagens cotidianas é marca deste artista, desde o trabalho de escravos e o movimento das ruas, os primeiros anos do governo de Dom Pedro.
1 3 1