Frequentemente, a sociedade emergente tem sido caracterizada como sociedade de informação ou sociedade do conhecimento. Eu não concordo com esta terminologia. Não porque conhecimento e informação não sejam centrais na nossa sociedade. Mas porque eles sempre o foram, em todas as sociedades historicamente conhecidas. O que é novo é o facto de serem de base microelectrónica, através de redes tecnológicas que fornecem novas capacidades a uma velha forma de organização social: as redes. (…) As redes de tecnologias digitais permitem a existência de redes que ultrapassem os seus limites históricos. (…) As redes de comunicação digital são a coluna vertebral da sociedade em rede, tal como as redes de potência (ou redes energéticas) eram as infraestruturas sobre as quais a sociedade industrial foi construída, como demonstrou o historiador Thomas Hughes. Na verdade, a sociedade em rede manifesta-se de diversas formas, conforme a cultura, as instituições e a trajetória histórica de cada sociedade, tal como a sociedade industrial englobou realidades tão diferentes como os EUA e a União Soviética, a Inglaterra e o Japão, que partilhavam algumas características fundamentais que permitiam a sua definição, dentro do industrialismo, como uma forma distintiva de organização humana não determinada pelas tecnologias industriais, mas impensável sem elas. CASTELLS, M. A Sociedade em Rede: do Conhecimento à Política. In: CASTELLS, M. e CARDOSO, G. A Sociedade em Rede. Do conhecimento à Acção Política. Conferência promovida pelo Presidente da República. Centro Cultural de Belém. 2005. Observe a abordagem apresentada no fragmento intitulado A Sociedade em Rede: do Conhecimento à Política e identifique a característica da sociedade em rede que você destacaria para ampliar a participação democrática dos cidadãos brasileiros. Justifique sua resposta utilizando pelo menos dois argumentos.

1

Respostas

2013-09-24T01:27:24-03:00
A capacidade de derrubar limites históricos - por meio de acesso a informação e articulação com outras pessoas. E segundo por meio de espaço de expressão de suas necessidades e críticas.