Respostas

2013-03-29T14:48:39-03:00
Neste presente artigo objetiva-se, através das considerações e teorizações de diferentes filósofos, historiadores e pensadores entre os séculos XVIII e XX, traçar uma ligação entre as mudanças teórico-conceituais e mesmo metodológicas sobre a historiografia do continente africano, bem como apontar as transformações e rupturas de paradigmas historiográficos neste processo. Dentre os principais analisados estão George Friedrich Hegel, Emmanuel Kant, Richard Burton, Joseph Ki-Zerbo, bem como outros historiadores africanos e brasileiros, como Leila Hernandez e Alberto da Costa e Silva. A interligação e historização dos pensamentos e concepções destes diferentes autores se faz significante à medida que evidenciam a relação entre os seus discursos particulares e os diferentes momentos históricos ao que concernem às diferentes conjunturas políticas, econômicas e mesmo científico-metodológicas. Os referentes discursos teóricos carregados nas narrativas dos diferentes autores estão inseridos em seus relativos tempos históricos, estes perpassados por uma mentalidade específica. Conhecer o contexto cultural ligado às mentalidades, imaginário, bem como as práticas econômicas e políticas internacionais das diferentes épocas da produção destas obras é de fundamental importância à interpretação e re-apropriação crítica do legado destes autores distintos cronologicamente, teoricamente, ideologicamente e cientificamente ao que concerne a historicidade e historiográfica do continente africano. África; continente localizado entre os oceanos Índico e Atlântico, banhado-se ao norte pelo mar mediterrâneo, é o terceiro maior da terra, com uma extensão territorial de 30.249.096 km², compreendendo cerca de 25% da área global de terras emersas. Diverso em seus climas e vegetações – dos maiores desertos a exuberantes florestas tropicais –, é igualmente plural em suas etnias e diversidade de povos. Conhecida como o “Berço da humanidade”, foi o local do aparecimento do primeiro Homo Sapiens o qual daí, migrou para várias outras regiões do globo. Foi lar de diversas culturas desde tempos antigos, palco de lutas, invenções e intenso comercio
3 3 3