Respostas

2013-09-25T20:32:24-03:00
O pré-modernismo foi um momento de transição,porque apesar dos autores ainda estarem presos as regras das escolas literárias anteriores,agora  usavam uma linguagem mais simples e falavam de temas nacionais, em tom de denúncia da realidade. São representantes desse movimento os escritores Monteiro Lobato,Lima Barreto e Euclides da Cunha.Uma obra que expressa bem esse momento é "Os Sertões",de Euclides da Cunha,que narra a Guerra de Canudos de uma maneira histórica,política,geográfica.Também vale destacar as obras de Lima Barreto,que falavam da vida urbana no Rio de Janeiro (como em "O triste fim de Policarpo Quaresma") e as de Monteiro Lobato,que mostravam a vida do trabalhador rural (como em "Jeca Tatu").
Os movimentos de vanguarda no Brasil começaram com algumas manifestações artísticas como o jornal "O Pirralho",de Oswald de Andrade,e principalmente com a exposição da pintora Anita Mafaltti,em 1917,que renovou a arte plástica brasileira.
Logo em seguida,em 1922,foi realizada a Semana de Arte Moderna de São Paulo,que deu início ao movimento Modernista no Brasil,que buscava uma identidade artística nacional.São representantes da primeira geração modernista Oswald de Andrade,Alcântara Machado,Manuel Bandeira,Mário de Andrade e Tarcila do Amaral.
São manifestos dessa época o Pau-Brasil,Antropofagia,Escola da Anta e Verde-Amarelismo.Todos essas manifestações utilizavam símbolos da cultura brasileira,especialmente indígena,visando assim valorizar a nossa cultura.Porém havia uma divisão nesse movimento: de um lado,liderado por Oswald de Andrade,defendiam uma arte nacional  sem desprezar as técnicas estrangeiras ( "Antropofagia",como os índios faziam,devoravam seus inimigos para adquirir suas características);o outro lado,liderado por Plínio Salgado,tinha um conteúdo mais político,de clara influência nazifacista e xenofóbica,que queria expulsar tudo o que não fosse puramente brasileiro.
2 5 2