Respostas

2013-10-01T17:53:23-03:00
Mediatamente o ar percorre a traqueia, que se divide (bifurca) em dois ramos chamados brônquios, um em direção ao pulmão direito (que contém três lóbulos) e o outro para o pulmão esquerdo (com dois lóbulos). Através do sistema respiratório o organismo humano realiza as trocas gasosas, eliminando o gás carbônico e absorvendo o oxigênio. Esse processo envolve diversas estruturas, sendo: o nariz (as narinas), a faringe, a laringe, a traqueia, os brônquios e os alvéolos pulmonares.

Após inspirado, entrando pelas narinas (cavidade nasal), o ar passa para a faringe, uma região que comunica o sistema digestório ao respiratório através de uma válvula denominada epiglote. A cavidade nasal possuem células epiteliais que a revestem e protegem. Essas células produzem muco que umedece as vias respiratórias e retém partículas sólidas e bactérias presentes no ar que inspiramos como se fosse um filtro. Portanto, é nas cavidades nasais que o ar que inspiramos é filtrado, umedecido e aquecido.

Imediatamente o ar percorre a traqueia, que se divide (bifurca) em dois ramos chamados brônquios, um em direção ao pulmão direito (que contém três lóbulos) e o outro para o pulmão esquerdo (com dois lóbulos). 

 A maior parte do gás carbônico reage com água no interior das hemácias formando o ácido carbônico (H2CO3) que se dissocia em íons H+ e íons bicabornato. Os íons H+ se ligam a moléculas de hemoglobina, enquanto que os íons bicabornato (HCO3-) vão para o plasma sanguíneo. Cerca de 23% do gás carbônico liberado pelos tecidos associam à hemoglobina e formam a carboemoglobina.
Os íons bicabornato, ao passar pelos alvéolos entram nas hemácias e se reassociam aos íons H+. Dessa forma tem-se novamente ácido carbônico que se transforma em água e gás carbônico que será difundido para os alvéolos, sendo então eliminado na expiração.
Faringe: estrutura comum ao Sistema Digestório. Pela faringe passa tanto o ar como o alimento. Para coordenar a passagem tanto do ar como do alimento,

laringe: Órgão responsável pela voz. Localizada na parte superior da traquéia, a laringe constitui-se de duas membranas, as cordas vocais, que vibram quando o ar é expelido, formando o som. 

Tranquéa:É um tubo de aproximadamente 1,5 cm de diâmetro por 10-12 centímetros de comprimento, apresentando suas paredes reforçadas por anéis cartilaginosos. É revestida internamente por uma membrana que contém células produtoras de muco. Esse além de aquecer e umidecer o ar que respiramos, retém suas impurezas que são eliminadas  pelo movimento dos cílios existentes nas células da traquéia

Brônquios:São duas ramificações da traquéia que penetram nos pulmões. Os brônquios são formados por anéis de cartilagem semelhantes aos da traquéia. Cada um dos brônquios penetra em seu respectivo pulmão e, a partir daí, dividi-se em diversos ramos menores - os bronquíolos- formando um conjunto de ramificações que denomina-se árvore brônquica.

Pulmão:Principais órgãos do sistema respiratório. São dois órgãos esponjosos envolvidos por uma dupla membrana serosa denominada pleura e localizadas no tórax e protegidos pelas costelas. 

1 2 1