Respostas

2013-10-06T12:15:18-03:00
O motivo é porque Constantinopla, capital do Império Bizantino (o antigo Império Romano do Oriente) que fica na atual Turquia, foi justamente derrotada pelos Turcos Otomanos graças a utilização de canhões potentes que pulverizaram as muralhas da cidade. No Império Bizantino (que inclusive englobava a Grécia) mantinha todo o conhecimento dos clássicos gregos e grande parte da cultura romana que já se havia perdido na Peninsula Italiana devido as invasões bárbaras.
Assim, quando os turcos otomanos invadiram Constantinopla, os eruditos fugiram para o Ocidente levando seus conhecimentos. Havia duas opções de fuga: 
1) Atravessar o Mar Adriático em direção a Peninsula Italiana, em direção ao antigo Império Romano Ocidental.
2) Ir para o Norte, em direção as poderosas fortificações de Viena (Austria) que tambem estavam no caminho dos turcos (ou seja, mais cedo ou mais tarde iriam se encontrar com turcos se escolhessem essa opção)
Obviamente preferiram ir "de volta" para as antigas terras do Império Romano. Mesmo porque haviam cidades italianas poderosas (Como Veneza por exemplo) que possuiam esquadras suficientemente poderosas para deter o avanço turco pelo mar. 
Ou seja eles começaram pelas cidades italianas, pois era a opção mais segura.
1 1 1