elabore uma ficha sobre a revoluçao cubana com as seguintes informações:

A- situação socioeconômica e política de cuba na primeira metade do século XX

B- tática da resistência cubana e principais líderes

C-medidas tomadas no inicio da revolução

D- país ao qual cuba se aliou

E- reação dos EUA à revolução cubana.

1

Respostas

2013-10-15T21:16:12-03:00
A) Com a batalha de Ayacucho em 1824, todos os outros países da América Latina que eram colônias da Espanha conquistaram sua independência. Cuba e Porto Rico só começaram a lutar pela independência em 1868; e trinta anos depois, em 1898, os Estados Unidos intervieram na guerra contra a Espanha, anexaram Porto Rico, e impôs a Cuba um governo militar que governou o país até 1902. 
No inicio do Século de XX, em 1902, Cuba nasceu para o mundo como “República independente”, mas com uma Constituição emendada pelo Congresso dos Estados Unidos, a conhecida Emenda Platt, que assegurava a àquele país o direito de intervir nos assuntos internos de Cuba toda vez que os seus interesses fossem ameaçados. Em outras palavras, Cuba passou de colônia da Espanha para neocolônia dos Estados Unidos, ou o que é a mesma coisa, passou das mãos de Espanha às mãos dos Estados Unidos. 
Claro que, os norte-americanos exercitaram esse “direito de intervenção” em várias ocasiões ao longo de nossa “República mediatista”, situação que só chegou ao fim com a vitória da Revolução cubana em primeiro de janeiro de 1959. Essa é a história que não se pode cobrir com um dedo; essa é a realidade que não se pode ignorar, e é o que explica esse espírito de resistência e dignidade do povo cubano para manter a sua soberania e independência frente à hostilidade e a agressão militar, política e econômica que vem sendo praticado pelos Estados Unidos durante mais de 40 anos. 
Durante toda primeira metade do Século de XX, e até a vitória revolucionária de primeiro de janeiro de 1959, os Estados Unidos comandavam tudo em Cuba. A economia do país, a sua política interna, as suas posições em matéria de política exterior, estavam nas mãos dos Estados Unidos, e para empreender alguma ação nessas e em outras esferas, os governantes da ilha tiveram que aderir estritamente aos ditames de Washington. 
Cuba era um protetorado norte-americano, um lugar para cassinos e bordéis freqüentados e financiados pela máfia e os marines dos Estados Unidos que chegaram até a audácia de profanar nossos símbolos pátrios e a estátua de nosso herói nacional. 
Durante todos esses anos, a imensa maioria da população cubana viveu afundada na pobreza, onde dezenas de milhares de crianças morriam todos os anos de doenças curáveis, os camponeses sem terras, professores sem escolas, e milhares de desempregados e analfabetos. A atenção de qualidade para a saúde, a educação e a cultura era privilégios de algum poucos.


b)
o primeiro item depende de circunstâncias políticas. Presentemente temos Venezuela, um dos que apoiam Cuba.
O segundo não vejo por que americano preocupar-se com Cuba. Não há reservas estratégicas ali, caso em que a ilha já estaria dominada. Não mais ameaça de ponta de lança de potências comunistas instalando ogivas , portanto, não vejo razão nem para o embargo.
Espero contestação .

c)
Cuba conseguiu libertar-se da Espanha em 1898, com um exército comandado por José Martí composto em sua maioria por ex-escravos que, apesar de portarem facões, venceram soldados armados de fuzis e baionetas. 

d)
O período esquerdista da Revolução cubana – repudiado publicamente por Fidel - congelou as relações Igreja-Estado. Entre 1964 e 1981, bispos e autoridades não se falaram.

e).O termo Revolução Cubana também se refere à implantação em série de programas sociais e econômicas do novo governo, todos de foco exclusivamente de ideologia comunista. O apoiosoviético depois do movimento armado enfatizou seu caráter anticapitalista e também antiamericano para posteriormente alinhar o país com o chamado bloco socialista. Todavia, essas características ficaram claras apenas depois da revolução, não sendo o seu foco inicial, segundo alguns historiadores, que alegam que o rumo comunista foi tomado após a oposição dosEstados Unidos ao golpe de Fidel Castro.Cuba tinha desde o início os problemas políticos, mas não tão grandes quanto aqueles que viriam a acontecer. Fulgencio Batista foi eleito presidente democraticamente pela primeira vez em Cuba, mas a sua presidência foi marcada por corrupção e violência. Fulgencio tem o poder de voltar através de um golpe militar em 1952. Em 1953, Fidel Castro e outros 160 homens (números incertos) tentaram o Assalto ao Quartel Moncada mas falharam, e Fidel Castro foi condenado a cerca de 20 anos de prisão, e seu movimento desapareceu.Em 1954, Batista foi reeleito como governador e, posteriormente, em um ato de reconciliação, Fidel Castro foi libertado. Fidel foi viver um tempo no México. Em novembro de 1956, com um plano revolucionário, formou o "Exército Rebelde". Um de seus comandantes era um médico argentino, Ernesto "Che" Guevara. 
10 5 10