No clássico problema de um burro puxando uma
carroça, um estudante conclui que o burro e a carroça não
deveriam se mover, pois a força que a carroça faz no burro
é igual em intensidade à força que o burro faz na carroça,
mas com sentido oposto. Sob as luzes do conhecimento da
Física, pode-se afirmar que a conclusão do estudante está
errada porque:
a) ele esqueceu-se de considerar as forças de atrito das
patas do burro e das rodas da carroça com a superfície.
b) considerou somente as situações em que a massa da
carroça é maior que a massa do burro, pois se a massa
fosse menor, ele concluiria que o burro e a carroça
poderiam se mover.
c) as leis da Física não podem explicar este fato.
d) o estudante não considerou que mesmo que as duas
forças possuam intensidades iguais e sentidos opostos,
elas atuam em corpos diferentes.

1

Respostas

2013-10-16T16:27:07-03:00
Resposta: d) o estudante não considerou que mesmo que as duas 
forças possuam intensidades iguais e sentidos opostos, 
elas atuam em corpos diferentes.
3 5 3