Respostas

2013-04-04T23:46:02-03:00

O Brasil ocupa o quinto lugar em extensão territorial com 9.372,614 km2. Um grande país de extensão territorial, pode ser encarado tanto positivo como negativamente. Por um lado, temos uma imensa área física, com grande diversidade de solos, climas e potencialidades produtivas, algo que pode ser potencialmente vantajoso. Por outro lado, enfrentamos sérios dificuldades para integrar as populações, que habitam todo esse território, e atender às suas necessidades, o que, socialmente, pode ser encarado como uma desvantagem, a enorme extensão territorial cria aos órgãos governamentais o problema das grandes distâncias a serem vencidas por ferrovias e rodovias de elevado custo. Assim, por exemplo, uma viagem de São Paulo a Porto Alegre tem uma distância que, na Europa, atravessaria Portugal, França, Bélgica, Holanda e Alemanha. Além das enormes distâncias que encarecem sobremaneira a produção, a grande extensão territorial pode vir a criar problemas de diferenciação social, política e econômica entre as diversas regiões do País. Outro fator negativo são as fronteiras, devido sua extensão territorial elevada, o país não consegue controlar as fronteiras, acontecendo à entrada de produtos ilícitos no país, como: drogas, armas e outros tipos de contrabando, pois o país tem dificuldades de vigiar essa grande área. Além disso por ser muito grande, o Brasil sofre com a corrupção, pois nossos governantes acabam utilizando a dificuldade administrativa para roubar a população, devido a burocracia do Brasil ser muito complicada.

3 5 3
2013-04-05T11:27:39-03:00

No caso do Brasil: na Defesa Territorial : Grandes extensões significam grandes fronteiras e extensa linha costeira. Daí ocorre uma grande dificuldade em patrulhar essas áreas. no Povoamento : O povoamento do Brasil concentrou-se ao longo da colonização no litoral. Só a partir do séc XIX e que efetivamente iniciou-se uma progressiva  ocupação do chamado "sertão" , mas até ho ainda existem grandes vazios demográficos nas regiões Norte e Centro-Oeste. nos Transportes - Grandes extensões  exigem rodovias, ferrovias, hidrovias, etc. Em comparação com outros países, o Brasil ficou para trás nestes quesitos : Nossas estradas são muito ruins, ferrovias são obsoletas e hidrovias muito raras. em Energia e Comunicações: Grandes extensões exigem extensas linhas de transmissão de energia elétrica, subestações, torres, etc. Os meios de comunicação exigem inúmeras estações de retransmissão para abrangencia de todo território. ( hoje esse problema foi minimizado com uso de satélites) na Administração: Um grande território acaba por criar dificuldades de administração. Daí que a mudança da Capital Federal para Brasília em 1960 buscava literalmente centralizar a administração federal, até então no Rio de Janeiro. na Política :  A grande extensão territorial do Brasil acabou por criar uma máquina política faminta por verbas e uma máquina burocrática maior ainda . Como resultado que obras públicas levam meses e anos para serem concluídas. Ações governamentais na saúde, educação, programas sociais, etc se perdem no labirinto político e burocrático.

1 5 1