Fiz uma prova e gostaria de recursar uma questão de português: Assinale a alternativa onde a pontuação está corretamente empregada:

a) O filho diz aos pais: - E se nós viajássemos nas férias?

b)Ele vem, a festa hoje.

c)Mamãe fez de sobremesa um pudim de leite e uma torta de abacaxi.

d)Carlos estudou muito o ano inteiro logo deve ir bem nos exames.

e) O sabão, foi inventado pelos fenícios.

Eu marquei a letra c, pois entendi que a supressão de pontuação não alterou a frase. No caso a alternativa A e a C estariam corretas? O gabarito indica a letra A. Ajudem-me por favor...

1
Estranho mesmo,ao meu ver as alternativas corretas são A e C
Pois a alternativa A é correta a pontuação com : e o travessão que indica a fala de um personagem e alternativa C o E é uma conjunção aditiva a qual não se usa vírgula.
Na primeira fonte que olhei diz que na opção C "de sobremesa" deveria estar isolado por vírgulas e a mesma fonte indica que esta regra não é rígida... No caso da A, eu já vi trocar de discurso direto para indireto na mesma linha. Do indireto para o direto, não.
Eu também teria marcado a C
A questão A também está errada, pois foi grafada incorretamente. Grafaram assim: (O filho diz aos pais: - E se nós viajássemos nas férias?) quando deveria ter sido grafada assim: (O filho diz aos pais: ― E se nós viajássemos nas férias?). Percebem o erro? colocaram um traço no início da fala quando teriam que colocar um travessão. Isto gera dúvidas se é esta a correta ou não, pois também está com a pontuação errada. Portanto, todas as alternativas estão erradas. Vou recorrer, recorra também.

Respostas

2013-11-06T03:39:59-02:00
Letra "A" ESTÁ CORRETA... Bem.... porque está correta... ora.. não está errada... porque também as outras estão erradas.

Letra "B" está incorreta porque o verbo "vir" (vem) é transitivo indireto. Você de algum lugar ou vem a algum lugar. O verbo pede complemento com preposição e a vírgula está separando o complemento do verbo e isso não pode acontecer.


Letra "C" está incorreta porque a expressão "de sobremesa" é um aposto, ou seja, um termo acessório, dispensável, que foi colocado apenas para explicar, ou especificar para que a mamãe fez o pudim. Então deveria ter vindo isolado por vírgula. A frase funcionaria do mesmo jeito se fosse só assim: "Mamãe um pudim de leite e uma torta de abacaxi."
"de sobremesa" foi só pra especificar que não foi, por exemplo, para o lanche da tarde.


Letra "D" está incorreta porque segundo a norma padrão, porque você tem um período composto por coordenação. A oração "logo deve ir bem nos exames" é uma oração Coordenada sindética conclusiva introduzida pela conjunção "logo".
A primeira oração: "Carlos estudou muito o ano inteiro", e a segunda oração: "logo deve ir bem nos exames.", são independentes sintaticamente, dessa forma teriam que ser "separadas" com uma vírgula que, nesse caso, ficaria antes da palavras "logo":

Carlos estudou muito o ano inteiro, logo deve ir bem nos exames.



Letra "E" errada porque a vírgula separou o sujeito do predicado e não se deve fazer isso.




Querida Rita, o início da fala da questão "A" não teria de vir precedida de travessão? travessão é assim (―) e não assim (-). Existe diferença entre traço e travessão. Gostaria de saber sua opinião.
É eu também acho que não se trata de colocar entre vírgulas se for aposto e sim dois pontos para enumerar, caso seja um adjunto adverbial, oq acho mais coerente seria a vírgula, mas nesse caso é facultativo.
Bom. Eu achei que isso tinha sido um erro de digitação na hora que vc foi escrever a questão aqui. Realmente o travessão é maior que o hífen e deve vir subescrito. Tavez vc possa recorrer alegando a falta de clareza dos sinais de pontuação. Mas e aquele sinal lá não for um travessão, então todas as alternativas estão erradas.