Após a independência (1822), a educação manteve-se distante das classes populares. Mesmo sendo prevista pela Constituição Brasileira durante o Período Imperial (1824-1889), ela nunca saiu do papel em grande parte. Dom Pedro II, o segundo imperador do Brasil, teve uma tendência a valorizar o ensino, mas o fez em algumas regiões do país e, principalmente, na corte. O Colégio Dom Pedro II foi um exemplo desta política, a partir desse contexto assinale a alternativa correta:ALTERNATIVASTer um quadro de professores precário, sem qualificação e com uma estrutura antiquada, ainda hoje, a instituição está "jogada a própria sorte".Fundada para ser um símbolo da educação brasileira, o colégio de ensino médio contava com professores de qualidade, escolhidos "a dedo" pelo Imperador.O colégio atendia exclusivamente os membros da corte. Seu foco era a alfabetização e a educação profissionalizante, para a formação exclusiva de professores e cientistas.Sem vínculos com o Imperador, a escola foi berço de intelectuais que romperam com o Império. Dentro das dependências do Dom Pedro II, ironicamente, se formou a maioria dos republicanos que irão liderar o movimento popular que derrubou o imperador.

2

Respostas

2013-11-07T10:35:48-02:00
A resposta é: Fundada para ser um símbolo da educação brasileira, o colégio de ensino médio contava com professores de qualidade, escolhidos "a dedo" pelo Imperador. de acordo com a pag.  156.no terceiro paragrafo,

2013-11-07T22:02:45-02:00
Fundada para ser um símbolo da educação brasileira, o colégio de ensino médio contava com professores de qualidade, escolhidos "a dedo" pelo Imperador.