Ainda
falando sobre a atuação da Ordem Jesuíta no Brasil, temos que destacar a
sua importância no estudo da língua indígena, em especial o guarani, a
chamada ?língua geral?. Por ela, a ordem estabeleceu contato com os
nativos e promoveu entre os moradores da colônia. Mas o guarani, que
poderia ter se transformado na língua do brasileiro, não chegou a
executar esta função. Por quê? Assinale a alternativa que responde a
esse questionamento.



ALTERNATIVAS











Os jesuítas acabaram por
aceitar a língua indígena na colônia. Esta medida acabou por levá-los a
expulsão do território brasileiro. Portugal preferia a constituição de
uma língua específica em sua principal colônia para evitar a influência
das ideias francesas entre os colonizadores.








Instituída para ser uma língua
de fácil acesso a população colonial, o guarani levou a revolta de
tribos que não tinham o guarani como língua oficial. Os Kaingangs foram o
maior exemplo de revolta por não se identificarem com a comunicação
oficial portuguesa no Brasil.








O guarani era entendido
somente na região nordeste. No sul e no sudeste outras línguas se
desenvolveram. Desta forma, a língua portuguesa não foi adotada pelos
jesuítas, garantindo a integração do território colonial.








Com a ascensão do Marquês de
Pombal à administração de Portugal, durante o governo de Dom José I, o
português foi estabelecido como língua corrente na colônia. Com uma
defesa do nacionalismo e para garantir a presença da autoridade da coroa
portuguesa sobre o território colonial, Pombal considerava o guarani
uma ruptura com a metrópole.

1

Respostas

2013-11-06T11:56:36-02:00
A ultima seria a mais adequada....
1 1 1