Respostas

2013-11-08T21:39:18-02:00
Os sofistas cobravam pelo seu trabalho (o que já conflitava com Sócrates e seus discípulos, que ensinavam de graça). Ensinavam oratória, já que defendiam a democracia ateniense, acreditavam que para o cidadão subir no seu cargo devia saber convencer com as palavras. Acontece que os sofistas se importavam em falar bem, que nem ligavam se estavam falando o bem. Conflitava com Sócrates justamente isto: Sócrates dizia que os sofistas possuíam um discurso "vazio", sem ética.