Respostas

2013-11-12T21:04:35-02:00
Entende-se por ponto de fusão  a temperatura em que uma substância passa do estado
 sólido passa o estado líquido, e porponto de ebulição a temperatura em que uma substância
  líquida passa para o estado gasoso, à determinada
 pressão. Por exemplo, a água pura passa do estado sólido para o estado líquido, sob pressão de 1 atm, à temperatura de 0 ºC. Diz-se assim que o Ponto de Fusão da água pura é 0 ºC. Já essa água pura passa do estado líquido para o estado gasoso, sob a mesma pressão, à temperatura de 100 ºC. Diz-se assim que o Ponto de Ebulição da água pura é 100 ºC.

O ponto de fusão de uma substância, a uma determinada pressão, é um valor constante, fator característico de uma substância pura
, e por isso a sua determinação constitui um dos métodos pelo qual pode-se calcular o grau de pureza desta substância. Com isto, se ao determinamos o ponto de fusão de uma substância que pensamos ser pura e durante a sua fusão
 existirem variações de temperatura superiores a 1oC, essa substância não pode ser considerada uma substância pura.
Já o ponto de ebulição
 não tem a mesma importância para a caracterização ou como critério de pureza de uma substância, mas tal como no ponto de fusão quando se determina o ponto de ebulição de uma substância pura não é admissível que surjam variações na temperatura superiores a 1oC, caso ocorra, teremos então uma mistura.
2013-11-12T21:05:08-02:00
Pontos de fusão e ebulição:  a força de atração causada pelo “mar” de elétrons livres é muito forte, mantendo os átomos unidos com muita intensidade. Assim, para que se rompa essa ligação é preciso fornecer altas energias externas.
Essa é uma característica que permite o uso dos metais em caldeiras, tachos e reatores nucleares, onde ocorrem aquecimentos intensos e eles não derretem. O tungstênio (W) é um exemplo muito importante, pois ele é o metal de maior ponto de fusão (3 403, 85 ºC), sendo usado na fabricação de filamentos de lâmpadas incandescentes.