Respostas

2013-11-13T20:39:22-02:00
A diabetes tipo 1 é uma doença autoimune, geralmente diagnosticada na infância ou na adolescência, causada pela falta de insulina que leva ao acumulo de glicose no sangue
A diabetes tipos 2 é uma doença que pode ser causada por hábitos alimentares indevidos como consumo exagerado de açúcar, sedentarismo, obesidade e fator hereditário. Ela gera sintomas como dificuldade de cicatrização das feridas, muita fome, muita sede, urina frequente e visão turva, mas nem sempre o indivíduo percebe estes sintomas, diagnosticando a diabetes num exame de glicose de rotina
A diabetes insípidus pode ser classificado como diabetes insípidus central ou diabetes insípidus nefrogênico. Estas doenças possuem causas e consequentemente, tratamentos diferentes. Na diabetes insípidus central há uma alteração no sistema nervoso central que impede que o hormônio anti-diurético (ADH) seja liberado na corrente sanguínea, e no diabetes insípidus nefrogênico há uma alteração nos rins, que deixam de responder a presença do hormônio anti-diurético (ADH). Nestes 2 tipos de diabetes, o resultado é o mesmo: o excesso de água na urina e a sede intensa, que são os únicos sintomas da doença.O tratamento para o diabetes insípidus central consiste no uso do hormônio anti-diurético (ADH) sintético, por inalação ou comprimidos. Já o tratamento do diabetes insipídus nefrogênico pode variar entre o uso de diuréticos, anti-inflamatórios, alimentação pobre em sal,suspensão do lítio e correção dos distúrbios de cálcio e de potássio no organismo.
 A diabetes gestacional é aquela que surge durante a gravidez
1 5 1
2013-11-13T21:20:02-02:00
Diabetes Mellitus é uma doença do metabolismo da glicose causada pela falta ou má absorção de insulina, hormônio produzido pelo pâncreas e cuja função é quebrar as moléculas de glicose para transformá-las em energia a fim de que seja aproveitada por todas as células. A ausência total ou parcial desse hormônio interfere não só na queima do açúcar como na sua transformação em outras substâncias (proteínas, músculos e gordura). Na verdade, não se trata de uma doença única, mas de um conjunto de doenças com uma característica em comum: aumento da concentração de glicose no sangue provocado por duas diferentes situações: Saiba mais Polêmica Diabetes e privacidade Doença crônica A epidemia de diabetes a) Diabetes tipo I – o pâncreas produz pouca ou nenhuma insulina. A instalação da doença ocorre mais na infância e adolescência e é insulinodependente, isto é, exige a aplicação de injeções diárias de insulina; b) Diabetes tipo II – as células são resistentes à ação da insulina. A incidência da doença que pode não ser insulinodependente, em geral, acomete as pessoas depois dos 40 anos de idade; c) Diabetes gestacional – ocorre durante a gravidez e, na maior parte dos casos, é provocado pelo aumento excessivo de peso da mãe; d) Diabetes associados a outras patologias como as pancreatites alcoólicas, uso de certos medicamentos, etc. Sintomas * Poliúria – a pessoa urina demais e, como isso a desidrata, sente muita sede (polidpsia); * Aumento do apetite;