No texto “A China
escolhe seu caminho. E nós?" há a seguinte informação: “A renda média
per capita chinesa nas áreas urbanas é de 10 000 dólares anuais
próxima da média brasileira , enquanto na zona rural não passa de 3 000
dólares. Mais: 10% dos domicílios mais ricos do país detêm 85% dos
ativos pertencentes às famílias chinesas, segundo revelou uma pesquisa
realizada pela Universidade do Sudoeste da China. Mobilidade social é
uma coisa; a inevitável tensão entre ricos e pobres é outra. ‘A
disparidade é o principal desafio que o país tem de resolver’, afirma
Fan Gang, presidente do Instituto Nacional de Pesquisa Econômica e
professor da Universidade de Pequim. Atualmente, cerca de 400 milhões de
pessoas ainda vivem abaixo da linha de pobreza, ou seja, com menos de 2
dólares por dia.” (PADUAN, Roberta; SALOMÃO, Alexa. A china escolhe seu
caminho. É nós?. Revista EXAME, 14 de novembro de 2012, p. 45.
Disponível em www.exame.com). A partir da discussão conceitual a
respeito de crescimento e desenvolvimento econômicos estabeleça uma
relação entre o caminho adotado pela China e o caminho adotado pelo
Brasil em relação às políticas sociais como, por exemplo, saúde e
educação.

1

Respostas

2013-11-16T23:40:33-02:00
Pergunta densa e requer legitimidade em fatos históricos. O Brasil sempre viveu em déficit econômico e portanto todas as medidas imediatas sao para a economia, a China teve seus investimentos estrangeiros relacionado a reconstrução de toda a sociedade priprizando a educação .