O terrorista sabe que está errado, mas busca, no ato terrorista, a remissão de seus erros do passado.A citação “piedoso visionário” faz referência ao desejo sincero daqueles que, observando a realidade, se esforçam pela mudança pacífica da sociedade, ou seja, sem o uso da violência ou de atos de terror.O objetivo do terrorista envolve um “apelo à justiça” e que ele é o meio para isso acontecer. De certa forma, podemos dizer que ele se vê como defensor da verdade e fazedor da justiça.Quando a sociedade está estabelecida e não existem novidades, o terrorista se sente na obrigação moral de provocar mudanças como forma de combater a mesmice.Segundo Kant, existe sempre um apelo religioso na ação terrorista que passa a prometer benefícios para aqueles que se sacrificam.Um dos filósofos mais importantes de todos os tempos, Emmanuel Kant, já no século XVIII, já observou a problemática gerada pelo terrorismo. Observe a citação de Carla Sofia Felix em Breve incursão histórica, social e psicológica sobre o terrorismo: Retrocedendo ao século XVIII o filósofo Kant, autor da razão moral, considerava: «o mundo, visto através das lentes terroristas, sempre surge como se estivesse à beira da catástrofe absoluta. Quando tudo chega ao pior (este dia é sempre o de hoje para o terrorista) o piedoso visionário já sonha com o retorno de todas as coisas e com o mundo renovado quando o presente foi consumido pelo fogo» (Kant, 1798 in “O Conflito das Faculdades” citado por Romano, 2003). (p.161) O ponto central de Kant, no texto citado, é de que:
1-O terrorista sabe que está errado, mas busca, no ato terrorista, a remissão de seus erros do passado.
2-A citação “piedoso visionário” faz referência ao desejo sincero daqueles que, observando a realidade, se esforçam pela mudança pacífica da sociedade, ou seja, sem o uso da violência ou de atos de terror.
3-O objetivo do terrorista envolve um “apelo à justiça” e que ele é o meio para isso acontecer. De certa forma, podemos dizer que ele se vê como defensor da verdade e fazedor da justiça.
4-Quando a sociedade está estabelecida e não existem novidades, o terrorista se sente na obrigação moral de provocar mudanças como forma de combater a mesmice.
5-Segundo Kant, existe sempre um apelo religioso na ação terrorista que passa a prometer benefícios para aqueles que se sacrificam.


1
Resposta: 3 :)
obrigada !!
Tem como colocar a frase que estar correta?
Não precisa,vi agora,valeu!!!
A 3 MESMO...
O objetivo do terrorista envolve um “apelo à justiça” e que ele é o meio para isso acontecer. De certa forma, podemos dizer que ele se vê como defensor da verdade e fazedor da justiça.

Respostas

2013-11-20T21:43:56-02:00
Coreetamente, apelo a justiça

2 5 2
O objetivo do terrorista envolve um “apelo à justiça” e que ele é o meio para isso acontecer. De certa forma, podemos dizer que ele se vê como defensor da verdade e fazedor da justiça.